Feed on
Posts
Comments

Category Archive for 'Web 2.0 e etc…'

A sociedade humana é dividida em dois grupos: os quietos e os inquietos. Os quietos são mais da rotina e os inquietos dos desafios. Organizações, em geral, não sabem que existem os inquietos e imaginam inovar “com todo mundo“. Inovar exige que a pessoa emocionalmente goste da incerteza e intelectualmente tenha facilidade para a abstração. […]

Read Full Post »

Diferente das outras espécies, o Sapiens é diferente um do outro. Lobos e formigas têm uma similaridade: sobrevivem da mesma maneira, não tem lobo vegetariano e nem formiga que gostas de picanha maturada. Os animais têm uma baixa taxa de diversidade entre seus membros. E o Sapiens muito alta. Cada novo sapiens traz consigo uma […]

Read Full Post »

A pergunta mais frequente que recebo dos alunos é: como convenço o outro que tem que mudar. Resposta: é impossível! Ninguém muda ninguém de fora para dentro. A pessoa tem que se convencer que a sua vida vai melhorar com a mudança. Valores criam hábitos. Hábitos criam rotinas. E rotinas criam compulsões emocionais que são […]

Read Full Post »

Porém, há uma limitação da Uberização, pois a diversidade vai aumentando e Ubers tendem à padronização. O que veremos a seguir é a Blockchenização, a Uberização da Uberização, quando haverá a massificação das Plataformas da Administração por Rastros. Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Somos a única Tecnoespécie do planeta. Por causa disso, só o Sapiens pode mudar o Macro Modelo de Sobrevivência. A sobrevivência da nossa espécie é baseada em uma “placa-mãe” midiática, que define todo o resto. Estamos neste novo século alterando, mais uma vez, a “placa-mãe” do Sapiens, mudando a forma como nos administramos. Nosso atual […]

Read Full Post »

Temos três grandes desafios neste início de século: superar a crise demográfica, filosófica e psicológica. A crise demográfica se supera com os novos modelos administrativos mais flexíveis, dinâmicos e exponenciais. A crise filosófica se supera com uma narrativa, que consiga reaprender o que o Sapiens é e como se adapta no tempo. A crise psicológica […]

Read Full Post »

Sempre fui a favor de promover cursos nas plataformas que as pessoas estão acostumadas. Isso começou em 1994 quando organizei meu primeiro curso utilizando o Eudora, um antigo leitor de e-mails. Os Whatsapps (onde se inclui o Telegram) são ferramentas propícias ao aprendizado. Os Whatsapps permitem que se crie um grupo (que podemos chamar de […]

Read Full Post »

A Civilização 2.0 nos trouxe uma sociedade baseada cada vez mais em telas. As telas nos permitem muito mais flexibilidade, agilidade, mutação do que antes. Temos hoje o surgimento de uma Tecnocultura cada vez mais adaptada ao conceito de desenvolvimento de software. A sua vida, seja profissional ou pessoal, precisa ganhar o conceito de versões: […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Começamos a nos preparar para viver no chamado Novo Normal, no qual cada pessoa terá muito mais autonomia. O Sapiens vive Macro-Ciclos de Descentralização para que possamos lidar cada vez melhor com mais Complexidade Demográfica. Nos grandes Macros Ciclos de Descentralização há a demanda de superar barreiras emocionais consideradas normais no passado. No Antigo Normal […]

Read Full Post »

Só existe uma forma de entender o novo século: compreender que vivemos mudanças Macro e não Micro Históricas. O Sapiens está alterando o “tronco” da sua árvore da sobrevivência e não apenas os “galhos“. Não é possível entender o novo século com uma visão do próprio século, mas de vários outros, quando fizemos coisas parecidas. […]

Read Full Post »

Todo mundo teve que passar pela ponte do reino das emoções infantis para se socializar no mundo da lógica adulta. Nesta trajetória entre as emoções infantis e a lógica adulta sempre existe uma compartimentação. A compartimentação é a divisão que todos temos entre emoções ilógicas infantis, pouco trabalhadas, que precisam de reflexão. O problema é […]

Read Full Post »

Vivemos uma crise demográfica: um salto de 3 bilhões de pratos de comida/dia, em 1800, para 24 bilhões/dia, em 2020. A segunda crise é filosófica: não entendemos bem a nossa espécie e o que costumamos fazer em momentos de crises demográficas. Muito do que pensávamos sobre o Sapiens precisa ser revisto diante das mudanças que […]

Read Full Post »

De maneira geral, e é bom que seja assim, trabalhamos no cotidiano, na micro-história. Nossa cabeça tende a funcionar para fatos, acontecimentos, pessoas na micro-história. Temos, entretanto, diferentes tipos de fenômenos, que apresentam causa e consequência na meso ou na macro-história. Uma Revolução Midiática é um fenômeno Macro-Histórico, que ocorre muito raramente. Revoluções Midiáticas modificam […]

Read Full Post »

O principal erro que se comete ao analisar o futuro é não separar as novidades conjunturais das estruturais. Há muitas novidades conjunturais que enchem os nossos olhos, mas não modificam para valer a civilização! Um Futurista precisa saber olhar para as Macro Mudanças, as principais forças que estão agindo no novo século. Vivemos hoje a […]

Read Full Post »

Terminei esta semana os comentários do livro “Quem Esta No Comando?” de Ori Brafman e Rod A. Beckstrom. Os autores promovem mergulho sobre modelos centralizados e descentralizados de organizações. Brafman e Beckstrom falam do AA, dos terroristas, do Napster e dos Apaches – todos modelos descentralizados de organizações. O interessante no livro “Quem está no […]

Read Full Post »

Estamos saindo de uma fase de alta para baixa concentração da informação: um processo radical de descentralização. As pessoas não foram preparadas para filtrar informação, mas consumir direto sem discutir. Nós não percebemos que percebemos. Não dialogamos com a nossa percepção. E isso nos torna pouco criativos. O diálogo interno é algo que precisa ser […]

Read Full Post »

A pandemia 2020 é uma espécie de disco voador que pousou no planeta: nos fez parar para pensar na espécie. O foco “Sapiens” já estava evidente com o sucesso do livro do Harari. De maneira geral, as ciências sobre os humanos não abordam o Sapiens como espécie, mas apenas aspectos parciais. A pandemia nos faz […]

Read Full Post »

Aprender e preservar o passado é fundamental para a espécie. Por causa dele, estamos aqui. Porém, em momentos de mudança de Era como estamos passando, o apego compulsivo ao passado é um distúrbio a ser combatido. A pessoa passa a defender o passado de uma forma compulsiva, pois não tem ferramentas emocionais para lidar com […]

Read Full Post »

Quando se discute educação o papo é aprendizado a distância. Isso é o primeiro passo, mas o futuro aponta para outra direção! O que vai mudar RADICALMENTE o aprendizado é a chegada da Validação Distribuída, o BlockEdu. Hoje, o que temos é a Validação Centralizada do aprendizado. No Brasil, o MEC valida escolas, que validam […]

Read Full Post »

Significado é apontar o real sentido de algo. Vida significativa é a procura de algo a mais, que dê sentido ao fato de estarmos vivos. Sobreviver é continuar vivos. Viver é colocar algo que dê um norte para a sobrevivência, algo a mais. O sentido da vida não é fixo. É ir sentindo o que […]

Read Full Post »

Zecapagodismo pode ser definido pela incapacidade de refletir sobre os inputs que chegam até você. Vivemos o fim de uma Era Civilizacional com grande concentração de informação, fator que dispara a taxa de Zecapagodismo. No surto de Zecapagodismo pessoas refletem pouco sobre as emoções. Não conseguem criar narrativa própria. No Zecapagodismo, quanto mais as pessoas […]

Read Full Post »

Quando Thomas Malthus (1766 – 1834) defendeu a ideia de que o aumento populacional gerava crises não estava errado. O equívoco foi considerar que aumentar a população nos levaria a crises insolúveis. O Sapiens é a única espécie social, que pode crescer demograficamente, mas tem que pagar o preço da inovação obrigatória para fazer isso. […]

Read Full Post »

Felicidade – estado de uma consciência satisfeita. A felicidade é o tema principal da ética na filosofia. Ser feliz é um objetivo de cada ser humano. E isso implica dois tipos de felicidade: a conjuntural e a estrutural. A Felicidade Conjuntural é a do cotidiano, a da sexta-feira. A Estrutural é a do projeto de […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Hoje quando se fala em Transformação Digital parece que todo mundo pensa do mesmo jeito. Temos a fantasia de diagnóstico único sobre qual é o melhor método para permitir a competição neste novo século. Note que em outras atividades fora do Digital há sempre escolas de pensamento distintas: na psicologia, na educação, na economia. Há […]

Read Full Post »

Quando pergunto em sala de aula para os meus alunos o que é realidade, há uma confusão generalizada. As pessoas, de maneira geral, não param para pensar sobre a sua relação com a realidade. Todo mundo engoliu, sem água, o “Zecapagodismo” de que é preciso sair da caixa. As pessoas não precisam sair da caixa, […]

Read Full Post »

A atual Pandemia demonstrou claramente o vácuo entre uma espécie de oito bilhões de habitantes e nosso atual estágio de Tecnocultura. Quanto mais uma Tecnoespécie, como a nossa cresce, mais precisamos sofisticar nossa Tecnocultura! Vejamos a figura: Mais gente significa necessariamente problemas novos, que nunca tivemos antes, nessa dimensão, como a atual Pandemia. Os outros […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

A atual Pandemia demonstra o desequilíbrio do nosso modelo de sobrevivência: muita gente para pouca flexibilidade! Espécies Sociais com complexidade de bilhões precisam de um modelo estrutural de sobrevivência muito mais distribuído. Nosso atual modelo estrutural de sobrevivência faliu! Somos uma espécie que tem um modelo de sobrevivência dos lobos e uma quantidade de membros […]

Read Full Post »

Grupos de bate papo são para jogar conversa fora, passar o tempo. Grupos com foco têm um foco comum: pensar ou agir de forma diferente. Nos grupos com foco é necessário um trabalho de moderação de uma ou mais pessoas para não se perder o rumo. Se não há um objetivo bem definido e jornadas, […]

Read Full Post »

Uberização é sinônimo de Curadoria, uma nova forma estrutural do Sapiens de administração. A Gestão é baseada em sons e a Curadoria é estruturada em rastros. Rastros permitem que haja uma horizontalização da validação de consumo. Na Gestão, cada novo “motorista de táxi na praça” vai exigir algum tipo de fiscalização central. Na Curadoria, a […]

Read Full Post »

Muitos me perguntam sobre o que virá depois da pandemia. Primeiro, vamos entender as causas. O Sapiens é a única espécie que cresce demograficamente. Por causa disso, nosso modelo de sobrevivência fica obsoleto no tempo. Crescer demograficamente significa aumentar consideravelmente a complexidade dos problemas em todos os aspectos. Hoje, existem diversos problemas complexos que não […]

Read Full Post »

A tabela dos conceitos

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Eu traduzo marketing como mercadando: se relacionando com o mercado. A Digitalização da sociedade está obrigando a cada mais gente ter que se relacionar com o mercado diretamente. Estamos vivendo um aumento exponencial do empreendedorismo individual, reduzindo o antigo modelo da carteira assinada. O empreendedor individual precisa aprender a mercadar, pois não tem mais o […]

Read Full Post »

Temos a fantasia de espécie Tecnopura, que agora está vivendo uma tsunami tecnológica. O ser humano tem por hábito naturalizar todas as tecnologias antigas. Nossa fantasia de Tecnopuricidade é remédio e veneno: remédio, pois nos ajuda a viver melhor; veneno quando o ambiente tecnológico se altera. As pessoas acreditam que o Tecnoplaneta que vivemos é […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Tenho trabalhado com uma Plataforma de Cursos que trabalha no conceito de Gestoria. Explico. Na Gestão, o comando central controla tudo: pessoas, acervo e qualidade de produtos e serviços. Na Curadoria, o comando central controla o algorítimo que define as regras pelas quais a comunidade de consumo vai se auto-gerenciar. Na Gestoria, temos o seguinte […]

Read Full Post »

Vivemos hoje três etapas distintas da Revolução Digital: Digitalização – tudo igual, só muda o canal; Uberização – muda o canal e chega a linguagem dos rastros; Blockchenização – muda de novo canal com a linguagem dos rastros. Na Digitalização, que é onde estão todas as organizações tradicionais, o modelo de administração não muda. Na […]

Read Full Post »

Sabedoria, vem do latim sapere — aquilo que tem sabor. Sabor é sensação que certos corpos ou substâncias exercem sobre os órgãos do paladar. Assim, se formos na origem da palavra sabedoria está longe de ser uma pessoa que conhece. Sábio seria alguém que procura – por critérios subjetivos – saber o que faz com o […]

Read Full Post »

São três etapas que conseguimos enxergar hoje: Digitalização – ex: a migração da Globo para o Netflix; Uberização – ex: a forma de gerenciar vídeos do Youtube; Blockchenização – ex: o gerenciamento de vídeos em plataformas distribuídas, a uberização do Youtube. Tais mudanças alteram o que chamamos na Narrativa Bimodal de Modelo Estrutural de Sobrevivência […]

Read Full Post »

A primeira grande mudança na forma de pensar o Sapiens é entender que nossa forma de viver é Tecnomutante. Nosso Modelo Estrutural de Sobrevivência é obrigado a ser alterado no tempo, pois aumentamos a população. Assim, de tempos em tempos, assistimos Revoluções Civilizacionais, que se iniciam com a chegada de novas Tecnologias Interativas (mídias). A […]

Read Full Post »

Pandemia – enfermidade epidêmica amplamente disseminada. Uma Pandemia é provocada por um tipo de vírus, que evolui de outros, aprende e se dissemina em várias regiões do planeta. Não é uma epidemia, que é local, mais uma Pan-demia que é multi-regional. A característica da Pandemia do Coronavírus, ou o famoso vírus chinês, é que ele […]

Read Full Post »

Agora, todas as organizações precisam se reinventar. Acabou a fase de repetir é bom, vamos repetir até morrer! A Revolução Civilizacional Digital aumentou radicalmente a demanda por uma maior taxa de inovação. E todo mundo agora, depois do Digital, tem que deixar de ser repetitivo e virar criativo, do dia para noite! E aí vem […]

Read Full Post »

Uma das grandes revelações da Escola Canadense de Comunicação é que o sapiens faz revoluções midiáticas recorrentes. Principalmente, Pierre Lévy em vários de seus livros aponta que: chegou nova mídia, temos nova Era Civilizacional. A Escola Canadense, entretanto, se limitou a interpretar o fenômeno midiático e nós aqui no Brasil, na Bimodais, fomos um pouco […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Vivemos hoje o que podemos chamar de Curadoria 1.0, ou, no popular, a Uberização. A Uberização se caracteriza pelo canal das Plataformas Centralizadas e Linguagem dos Rastros. A Linguagem dos Rastros (uberizadora), similar a das formigas, novidade para o sapiens, permite que se possa lidar de forma mais descentralizada com problemas complexos. A Linguagem Uberizadora […]

Read Full Post »

Temos várias novidades no livro “Civilização 2.0: por que estamos sendo obrigados a imitar as formigas?”. Primeiro, a forma como está sendo produzido, não mais de forma solitária, como no último de 2018 (Administração 3.0), mas agora dentro da Bimodais – Escola de Pensamento Digital. Quando lemos Escola parece que estamos nos referindo a um […]

Read Full Post »

Histeria – comportamento caracterizado por excessiva emotividade. Vivemos momentos histéricos quando nos deparamos com uma situação que nos ameaça e não sabemos como agir. A Pandemia do Coronavírus é uma situação aguda de um debate histérico. E a Transformação Digital é um tipo de histeria mais branda. Na Transformação Digital, temos alguns fenômenos encadeados que […]

Read Full Post »

Imagine a chegada da máquina de Raio-x na sociedade. Ela passa a permitir que “fotografemos” os ossos, o que permite uma série de diagnósticos que antes não eram possíveis. Há um forte impacto da mesma no ramo da ortopedia, mas não na oftalmologia. Podemos, assim, dizer que a máquina de raio-x revolucionou o campo da […]

Read Full Post »

Trans-formação Digital é a metodologia de migração do atual momento para um novo. Cada um que fala de Transformação Digital acredita que todo mundo pensa a mesma coisa, mas isso é viajar total na maionese! A Narrativa Bimodal entende Transformação Digital como a passagem da Civilização 1.0 para a 2.0. O objetivo da Civilização 2.0 […]

Read Full Post »

Não é possível entender o novo século se não analisarmos a Macro-História. Cada fenômeno humano tem um ciclo diferente. Revoluções Midiáticas ocorrem em séculos ou milênios, na Macro-História. Com a chegada do Digital, estamos alterando o Triângulo da Sobrevivência do Sapiens de forma disruptiva, passando dos lobos para o das formigas. Todas as espécies sociais […]

Read Full Post »

O Futurismo é a projeção das Macrotendências de longo prazo. Não confundir com o Modismo, que é de curto. Competitivo, pois não é um Futurismo para passar em programa de televisão, mas ajudar pessoas a decidir coisas sobre o amanhã. E Bimodal, que faz uma opção por um determinado tipo de visão de Futuro baseado […]

Read Full Post »

O físico americano Thomas Kuhn (1922-96) nos ensinou que o ser humano nunca vai chegar a Realidade Absoluta, mas sempre a Parcial. Nossa forma de conhecer o mundo é feita em forma de espiral. Conhece, tropeça, conhece, tropeça e assim vamos. Quando estamos diante de uma fenômeno novo – e o digital é um deles […]

Read Full Post »

Nossa espécie é a única que cresce demograficamente de forma interdependente. Temos um Tecno Macro Triângulo da Sobrevivência, como vemos abaixo: Ao aumentar o Teto Demográfico vamos, aos poucos, gerando uma incompatibilidade entre os lados do Triângulo da Sobrevivência. Quando aumentamos o Teto Demográfico, começamos, lentamente e gradualmente, a ter problemas de todos os tipos, […]

Read Full Post »

Thomas Kuhn (1922-96) defendeu que o conhecimento humano não é retilíneo. De vez em quando, temos que ligar um disjuntor entre Ciência Normal e Extraordinária. Nós criamos Narrativas Científicas, que esbarram num muro, pois novas tecnologias, gênios, pesquisas ou fenômenos podem destruir tudo que sabíamos. Vivemos hoje um momento de “muro”, Anomalia Científica, diante do […]

Read Full Post »

Note que as pessoas pensam sempre em tecnologia quando se fala em Transformação Digital. Parece que todas as mudanças que estamos passando são “naturais”, estavam no planejamento de todo mundo. Nada precisa ser revisto. Porém, vivemos hoje a maior Revolução Civilizacional da história do Sapiens. Estamos iniciando com o mundo digital a adoção do Macro […]

Read Full Post »

A Narrativa Científica Bimodal, desenvolvida aqui pela nossa escola, tem diagnosticado uma Crise Civilizacional faz tempo. O motivo é simples. O sapiens é a única espécie que aumenta a população de forma interconectada. Assim, o Macro Modelo de Sobrevivência praticado pelo Sapiens, com o tempo, vai ficando obsoleto, pois vamos “estourando” o Teto Demográfico. A […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

A escalada da reflexão eficaz

Tudo que pensamos começa com emoções. É o que podemos chamar de fase um de qualquer narrativa. Depois, paramos para pensar nas emoções. Percepções são emoções mais bem elaboradas, mas ainda sem conceitos. Conceituações são percepções mais bem estruturadas. E, por fim, temos a narrativa, que é a organização dos conceitos. A narrativa procura organizar […]

Read Full Post »

Share this…FacebookGoogle+TwitterLinkedin

Read Full Post »

Inquietude é a demanda humana pelo novo. Podemos dizer que temos macro taxas de quietude e de inquietude, conforme o momento histórico. Momentos de estabilidade favorece aos quietos e vice-versa. Porém, a espécie vive sob a Égide da Complexidade Demográfica Progressiva. Quando promovemos Revoluções Civilizacionais, a partir de novas mídias, várias demandas saem do armário, […]

Read Full Post »

Digamos o que o ser humano é dividido em dois grandes grupos de pessoas, que já vêm desde a barriga da mãe com este perfil: Quietos – aqueles que são responsáveis por dar continuidade aos processos criados; Inquietos – aqueles que são responsáveis por criar novos processos. Naturalmente, a quantidade de quietos na sociedade é […]

Read Full Post »

Uma vez um tio meu me disse que Deus dá o cobertor, conforme o frio. Tirando a parte religiosa, acredito que a espécie humana estabelece, de forma sistêmica, relação entre modelos de comunicação/administração e complexidade demográfica. Uma pandemia desse tipo na Idade Média matou muita gente por falta de mídia. Não foi à toa que […]

Read Full Post »

Novas mídias trazem para o ser humano expansão da comunicação a distância. O Império Romano, por exemplo, não seria possível sem a escrita manuscrita para levar as ordens do imperador aos rincões mais distantes. A escrita conseguiu ampliar a possibilidade da comunicação oral, que só era possível no presencial. Porém, toda a sociedade se habitou […]

Read Full Post »

É comum as pessoas ficarem olhando para as diferentes ondas do digital. E a cada uma delas, saber que vem várias outras. Podemos dizer, assim, que quem vê onda, não vê maré. Ver a maré significa sair da visão micro para a macro. Entender o digital como um macro movimento recorrente do sapiens. O digital […]

Read Full Post »

A mídia é a placa mãe da sociedade. Quando muda, há reintermediacão informacional e comercial. Desconhecidos passam a ter nova forma de interação. Há, a partir disso, necessidade de criação de uma nova Narrativa Coletiva. Em dois níveis: Narrativa Coletiva Direta sobre o Fenômeno – que procura entender como alteramos a história; Narrativa Coletiva Indireta […]

Read Full Post »

A frase número 1 dos meus alunos é a seguinte: “Nepô, como faço meu chefe topar inovar?”. Vivemos hoje fenômeno coletivo que podemos chamar de Compulsão Melancólica ao Passado Obsoleto. O transtorno, acredito eu, é recorrente a todas as Revoluções Midiáticas, que já tivemos. As mídias são a placa-mãe da sociedade e quando são alteradas […]

Read Full Post »

Vivemos hoje uma Macro Crise de Paradigmas. O que é isso? As bases conceituais de como pensávamos a jornada humana não conseguem explicar as mudanças neste início de século. Por ser uma tecnoespécie, o sapiens cresce demograficamente, o que nos obriga a criar novas mídias, que desembocam numa nova civilização. A nossa forma de pensar […]

Read Full Post »

Older Posts »

WhatsApp chat