Nenhum vento sopra a favor de quem não sabe pra onde ir – Sêneca - da coleção de frases;

(3 encontros na capital dos engarrafamentos - regados a muita conversa e procura da melhor lógica 2.0)

Estratégia 2.0:
A revolução da Informação: onde estamos, para onde vamos?

Compreender novas lógicas para ter novas práticas:

  • A relação entre aumento da população e revolução 2.0;
  • A relação entre a revolução 2.0 e necessidade de produzir mais e melhor;
  • A relação entre a necessidade de produzir mais e melhor com a inovação radical;
  • A relação da inovação radical e a necessidade de mudança no modelo de gestão;
  • A necessidade de mudança no modelo de gestão e o planejamento estratégico 2.0;
  • O planejamento estratégico 2.0 e as novas ações, sob um novo paradigma, na Gestão, Comunicação, Marketing, Atendimento ao consumidor, Gestão do conhecimento, Gestão da Informação, RH e outros setores das organizações (discutiremos questões setoriais a partir das demandas);
  • As ações na Gestão, Comunicação, Marketing, Atendimento ao consumidor, Gestão do conhecimento, Gestão da Informação, RH e outros setores das organizações e o aumento de competitividade (mais com menos e com os clientes e colaboradores internos ajudando);
  • O aumento de competitividade (mais com menos e com os clientes e colaboradores internos ajudando), numa nova empresa 2.0. por fim, riscos e oportunidades.

Quem deve fazer?

Todos que precisam de uma visão estratégica diante da revolução da Informação para tomada de decisão em sua carreira e nas organizações em que trabalham para aumentar a sua competitividade no mercado;

Como será o encontro?

Dinâmica participativa, há sete anos testada e aprovada, com intensa troca de ideias para todos serem “coo-vencidos” de uma nova lógica e poderem se sentirem mais capazes de olhar o futuro 2.0 de maneira mais eficaz, tendo um solo mais sólido e menos líquido para tomada de decisões;

O que esperar ao final do encontro?

Uma mudança radical de paradigma de como os participantes encaram a revolução da informação (dissipando a fumaça superficial que reina no mercado sobre o assunto), tendo uma dimensão histórica, teórica e prática, podendo agir com muito mais embasamento, medindo resultados, riscos e oportunidade nas ações 2.0 no presente e no futuro.

(Acredite que a mudança radical de paradigma não é para vender o encontro);

Veja depoimentos:

foto2

“Nepô provoca reflexōes que estão latentes na cabeça de todos nós que trabalhamos em grandes empresas e estamos expostos a um conjunto ilimitado de estímulos. Independente do cargo, função ou idade saímos dos workshops sensibilizados pela ousadia,  clareza e objetividade das propostas. A leitura do seu Blog após os encontros nos dá a continuidade necessária prá estarmos permanentemente conectados com o tema. Aqui no BNDES a discussão mudou de patamar após o workshop com o Nepô” - Nelson Pfefer- Gerente de Desenvolvimento de  Recursos Humanos do BNDES.

“Os encontros com o Nepô são sempre instigantes! Ele nos leva a refletir, rever que até questionar paradigmas estabelecidos. Os debates såo ricos porquê ele consegue reunir pessoas com visões complementares e diferentes perspectivas. Nesses encontros, nåo dá para sair como se entrou. E isso é maravilhoso porque a provocaçåo intelectual nos movimenta a um “outro lugar” de açåo, que é o que faz a diferença em todos os segmentos de mercado cada vez mais competitivos “- Ana Cláudia Freire - Gerente de Gestão da Inovação/Innovation Manager – VALE.

Quem é Carlos Nepomuceno (o provocador dos debates)?

Não é guru, mágico, profeta, ilusionista, apenas um pesquisador persistente, honesto, que gosta da boa lógica, autores com consistência e conversar e aprender com os outros, por isso, está sempre aprendendo e desaprendendo.

Jornalista e Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal Fluminense/IBICT, no qual se dedica há mais de 15 anos a estudar a história de outras revoluções informacionais e, por isso, consegue ter uma visão mais ampla e profunda do fenômeno.

Não é guru, mágico, profeta, ilusionista, apenas um pesquisador persistente, honesto, que gosta da boa lógica, autores com consistência e conversar e aprender com os outros, por isso, está sempre aprendendo e desaprendendo.

Apesar da consistência teórica, Nepô, como gosta de ser chamado, é empreendedor há mais de 15 anos na Internet, com mais de 400 projetos desenvolvidos em todas as áreas, formatos e tamanhos, até consultoria estratégica e treinamento em empresas de grande porte em todo o país, principalmente no Rio de Janeiro.

Tem ajudado empresas como Vale, Nokia, Petrobras, BNDES, Dataprev, Prodesp a ter uma visão mais ampla sobre o fenômeno, procurando alterar modelos mentais. Recebeu o prêmio da Revista Info, há cerca de dois anos, por ser considerado uma dos 50 pessoas mais inovadoras do país na área de tecnologia.

Nepô se caracteriza por seguir a filosofia de Gandhi; “Seja a revolução que queres para o mundo“. Assim, tem um dos blogs mais ativos no Brasil (www.nepo.com.br) do mundo 2.0, com mais de três anos de atividade, com postagens diárias (pode ler o novo post de hoje).

São até hoje 800 postagens, com mais de 4700 comentários.

É ativo nas redes sociais, através de dicas e principalmente frases curtas e filosóficas sobre fenômeno, com forte carga filosófica e humana, através do Twitter, (@cnepomuceno), replicando no Facebook e Linkedin com cerca de 3 mil seguidores, a maioria com especialização no mundo 2.0.

(Se tens dúvida de sua influência em alguns pensadores pode pedir indicação dele para Gil Giardelli, Martha Gabriel, entre outros. Depoimentos em breve).

Promove encontros como o atual há 7 anos em diversas cidades brasileiras e pela própria Internet, naquilo que ele chama “sala de aula 2.0“, baseada no conceito do diálogo honesto. (Pede que os participantes não levem laptos e deixem todos os seus gadgets desligados durante o encontro).

A média das nota na avaliação dos participantes de suas palestras, cursos e encontros é de 9 a 10.

Quando, onde e quanto?

Teremos três encontros em São Paulo:
Sábados de 9 às 18 horas.
(com direito a 2 coffes breaks)

Dias 07/05, 21 /05 e 11/06

No Hotel (a definir, em breve anunciamos)

O participante pode participar de um, dois ou os três encontros, a critério, pois os grupos e as conversas vão variar conforme os participantes.

Sugere-se, pelo menos dois, pois a quantidade de informações é elevada e conceitos novos pode sentir necessidade de fazer mais que um para consolidar e três para sair multiplicando com mais segurança, a critério.

O investimento para cada encontro é de R$ 600,00.

Grupo 07/05/2011

  • Comprando ate 22/04 – R$ 460,00
  • Comprando ate 29/04 – R$ 550,00
  • Comprando ate 06/05 – R$ 600,00
  • Comprando 2 encontros – R$ 1.000,00
  • Comprando 3 encontros – R$ 1.400,00

Grupo 21/05/2011

  • Comprando ate 29/04 – R$ 500,00
  • Comprando ate 13/05 – R$ 550,00
  • Comprando ate 20/05 – R$ 600,00
  • Comprando 2 encontros – R$ 1.000,00

Grupo 11/06/2011

  • Comprando ate 27/05 – R$ 500,00
  • Comprando ate 03/06 – R$ 550,00
  • Comprando ate 10/06 – R$ 600,00

Pagamento pode ser facilitado em 2x sem juros nos cartões ou em ate 10x com juros da administradora (1,99% a.m). O Inscrito vai receber todas as informações por email de pagamento etc.

Como se inscrever: basta completar o formulário aqui.

Os encontros estão sendo  realizados em parceria com a QuatroxUM, mesma empresa que organiza o Circuito 4×1 de Marketing Digital.
Curador: @KakaMachine.