Feed on
Posts
Comments

Versão 1.0 – 06/09/13

Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação.

significado-anel-de-noivado-b

Uma boa teoria é aquela que faz da história sua principal aliada.

O estudo da sociedade tem pode agora ser revisado  a partir das novas considerações feitas pelo estudo da antropologia cognitiva.

Podemos ver claramente que a história da espécie humana é fortemente influenciada pela chegada de novas tecnologias cognitivas reintermediadoras, que descontrolam ideias em movimentos de contração e expansão.

Na contração, há um forte controle de ideias e na expansão um descontrole, tendo como causas o que podemos ver na tabela abaixo:

tabela1

O que nos leva as seguintes consequências:

tabalea3

tabela5

Se analisarmos os desdobramentos da Revolução Cognitiva podemos ver que todas as iniciativas que não estão na direção da tendência da expansão estão indo contra a história.

Que dizes?

8 Responses to “Significação e resignificação cognitivas”

  1. Nepomuceno, muito bom. Este texto endereça, aprofunda, na minha visão as contrações e expansões que apontaste no livro. Considero, e comentei contigo pessoalmente, que estes movimentos acontecem conjuntamente com uma tendência majoritária, expansão por exemplo, mas também outra tendência minoritária, contração neste caso por exemplo.
    A relação de causa – efeito/consequência é utilizada regularmente na administração, na melhoria de processos, sendo a técnica mais conhecida é a espinha de peixe. Para uma consequência colaboram muitas causas, cada uma com uma intensidade diferente, com outras causas raizes as impactando-as. O ponto é transformar a subjetividade, o achismo das causas por uma análise quantitativa e precisar realmente quais são as causas raizes para uma certa consequência.

  2. […] O falso debate | Nepôsts – Rascunhos Compartilhados em Significação e resignificação cognitivas […]

  3. […] Os condomínios da verdade | Nepôsts – Rascunhos Compartilhados em Significação e resignificação cognitivas […]

  4. […] A crise da construção da verdade na academia monoteísta | Nepôsts – Rascunhos Compartilhados em Significação e resignificação cognitivas […]

  5. […] A história, recontada pela antropologia cognitiva, nos mostra que vivemos momentos de contração e expansão, como defendi aqui. […]

Leave a Reply

WhatsApp chat