Feed on
Posts
Comments

Gostaria de deixar meus clientes e alunos relatarem as experiências:

VEJA CURSO OFERECIDOS

PORTFÓLIO

 

 

 
“Aqui no BNDES a discussão
mudou de patamar após o
workshop com o Nepô”
 
Nelson Pfefer –
Gerente de
Desenvolvimento
de  Recursos Humanos
do BNDES.

“Os encontros com o Nepô são sempre instigantes! Ele nos leva a refletir,
rever que até questionar paradigmas estabelecidos. (…) 
E isso é maravilhoso
porque a provocação intelectual nos movimenta a um “outro lugar” 
de ação,
que é o que faz a diferença em todos os segmentos de mercado
cada vez mais competitivos “ –

Ana Cláudia Freire – Gerente de Gestão da Inovação/
Innovation Manager – VALE.

“Pra mim o Nepô é um dos
grandes pensadores brasileiros,
que enxerga o cenário de
transformações de forma
holística, destacando com
clareza o papel da tecnologia
nesses processos, como agente
e não fim.
Esse foco permite uma
compreensão das mudanças
de modelos de negócios e
estrutura social. 
Adoro
papear com o Nepô, ou, em outras palavras, ‘neposar’” –

Martha Gabriel –
pensadora da 
área de
Marketing Digital;

O que vivemos nestes dois dias foi uma imersão  profunda.
A minha sensação se assemelha àquela de quando
experimentamos um novo sabor ou vivemos qualquer
outra experiência nova, pensamos: “Por que não fiz isso antes?”
Assim é o Wikishop” –
Fabiana Gonçalves – Ministério da Cultura.
‘Contar com Carlos
Nepomuceno desde o princípio da implantação do programa
de Inovação e
Gestão do Conhecimento na
Prodesp fez toda a diferença
para o sucesso do programa.
Informal – é impossível não
chamá-lo de Nepô em pouco
tempo de contato -,
provocador; questionador,
envolvente, ele faz o que um
bom mestre deve: nos coloca
para pensar e desenhar nossos próprios caminhos.
Inevitável tê-lo como
referência e prepare-se:
você sairá diferente dessa
experiência.” – 
Maria Clara
Lopes –
Especialista
de Comunicação Social
e membro do Grupo
Executivo de Inovação e
Gestão do Conhecimento
da Prodesp.

“Participo de grupos de estudos com o Carlos Nepomuceno
e posso dizer que a estratégia da Agência Azul é
altamente influenciada pelas reflexões geradas nesses
encontros. Recomendo suas palestras e serviços de consultoria
a todos os executivos que tenham visão de longo prazo e
queiram se aprofundar no entendimento das profundas
mudanças iniciadas a partir do advento da chamada web 2.0”.
Tito Costa Santos – Diretor Executivo – Agência Azul


Como integrante do Grupo de Estudos Ruptura 2.0, posso afirmar que as aulas
/encontros são mais uma experiência que nos fazem refletir e repensar
todos os modelos atuais. Não apenas fazendo fumaça, como tanto temos
visto por aí, mas buscando o que faz o fogo, o gera e incita os movimentos
que acompanhamos no mundo contemporâneo e instigando como
podemos ser protagonistas e não apenas meros seguidores.
Altamente provocativo, Nepo, nos leva a questionar o status quo e o
que o estabelece.

Como Coordenadora Acadêmica do Curso de Pós-Graduação em
Gestão Estratégica em Marketing Digital da Faculdade Hélio
Alonso,
posso dizer que é um professor
muito elogiado e ao final das aulas os alunos comentam que seus
ensinamentos são não apenas para suas carreiras, mas imprescindíveis
para suas vidas – Leticia Bade – Coordenadora Acadêmica
do Curso de Pós-Graduação em 
Gestão Estratégica em
Marketing Digital da Faculdade Hélio Alonso.

 

 

 

 

“O curso Governo 2.0 é assim: a gente chega esperando
uma coisa boa e vem outra melhor ainda! Ele respeita
profundamente o principal conceito 2.0, que é o compartilhamento
de ideias. Por isso, no curso nada vem pronto; ao contrário,
todos constroem juntos a partir de uma reflexão
histórica profunda sobre como chegamos até aqui.”
– Irene Lôbo – Jornalista da Embrapa –
Recursos Genéticos e Biotecnologia.

 

 

 


“Participando das aulas do Nepô no MBKM e depois no
seu grupo de estudo
Rupturas 2.0 eu me senti um orelhão em pleno f
uncionamento, caindo uma ficha atrás da outra. Nepô é um
visionário que consegue através do estudo da história e da
filosofia traçar cenários e possibilidades para essa nova
civilização tecnológica e colaborativa que está surgindo –
Não dá para viver no piloto automático 2.0 após interagir
com Nepomuceno. É um caminho sem volta.” –
Lucia Peixoto – Gerente de Documentação –
Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.

 

 

Fazer parte do grupo de estudos do Nepô é um privilégio que vai te ajudar
a construir um norte como ponto de partida. No final você vai ficar com a
sensação de que chegou no limiar do Rio Arno. Recomendo este grupo de
estudos para todos aqueles que querem sair do “aquário”.
Venha fazer parte você também – Vivianne Vilela Souza – Analista Técnico
– UAI – Unidade de Atendimento Individual – Sebrae.

 

 

 

 

“Encontrei o Nepô pela primeira vez no curso de pós graduação
de midiasdigitais e interativas do Senac em 2010. Foi “amor à
primeira vista”. Estava aflita porque achava que para viver no
mundo 2.0 eu teria que ser uma técnica da informação, saber
tudo de twitter, facebook e etc. Foi com alívio que recebi o
discurso afetivo-colaborativo do Nepô. Pela primeira vez tive
uma visão macro do que é construir conhecimento e realizar
ações sem necessariamente ter que dominar esta avalanche
de inovações que recebemos diariamente. Ele apurou meu “filtro”
e me encontrei como agente de mudança ao dar uma guinada
para um pensamento estratégico. Fiquei mais otimista com os
rumos da humanidade e estimulada ao realizar, por meio das
aulas e do workshop que fiz posteriormente com ele, a revolução
informacional que estamos vivendo” – Dora Lima –
sócia-gerente da produtora MadeforTv.

 

 

 

 

 

Fiz o curso RUPTURA 2.0 de 4 semanas com o Nepô, via SKYPE.
Na verdade, mais que um curso, um bate-papo de muito conteúdo,
reflexão e questionamento sobre momento mudanças que vivemos.
Nepô é daqueles que consegue levar uma papo via computador de
forma descontraída e calorosa mesmo com o ‘papo cabeça’ que
permeia toda a conversa. Para quem quer limpar os para-brisas e
enxergar a estrada que estamos trilhando, vale a pena embarcar
de carona com o Nepô. A viagem, mesmo que curta, é ótima!!! –
Robson Barros – Coordenador de Informação da área de
Governo da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL –
em Vitória – ES.

 

 

Se você está confuso e cansado dos “how to” ter uma conversa com
este professor pode te dar a visão que necessita para continuar e
direcionar sua trilha. Indico este grupo para todos os sagazes!
Obrigada Nepomuceno, você está contribuindo muito para mudar
o mundo! – Loreane Brandizzi – Analista do SEBRAE.


Hoje, assisti a um vídeo (De onde vêm as boas ideias) que me
remeteu diretamente as aulas de Conversão 2.0. São naqueles
curtos encontros, de pessoas completamente diferentes, com
muitas falas e dúvidas no ar, regados com a generosidade,
ensinamentos e estímulos do Nepô, é que vem as boas ideias.
Desconstruir para construir novas ideias, e de forma coletiva,
foi uma das várias lições que aprendi com esse grande mestre –
Sylvi Faustino – Fundação Roberto Marinho (Projeto Olá, Turista!).

 

Nepô é um professor raro: trilha um caminho no qual cada aluno
parte de seu local particular para desconstruir, refletir
e construir conhecimentos em uma dinâmica coletiva. 
Sua prática desafia de forma acolhedora e demonstra a
importância do embasamento teórico para compreendermos
e lidarmos com a revolução informacional que vivenciamos.
Ampliei e fortaleci meu posicionamento e visão estratégica
sobre as possibilidades do mundo 2.0 - Aparecida Lacerda - Gerente Adjunta de
Educação e Implementação -
Fundação Roberto Marinho.

 

 

 

 

 

 

 

Fernanda Sarmentodisse:16 16Etc/GMT+2 abril 16Etc/GMT+2 2011 às 0:03 (Editar)Fazer aula com o Nepô, foi, no mínimo uma experiência fantástica pela sua capacidade de “se virar nos 30″ e montar a aula na hora, junto com os alunos, usando nossos conhecimentos, formulando as perguntas certas e levando todos juntos a um conhecimento maior. Além disso, toda a sua teoria sobre internet e as mudanças que vêm com ela são algo que vale a pena ouvir e refletir.
Júlia Linharesdisse:18 18Etc/GMT+2 abril 18Etc/GMT+2 2011 às 23:20 (Editar)Poder participar de encontros 2.0 com o Nepô foi fundamentalpara a minha formação profissional e pessoal. O Nepô tem a capacidade de instigar quem participa a ter sede de conhecimento, pelas verdades que a vida apresenta, sem se prender a um único conceito, e sim ficar/ estar aberto a novos conceitos, que passeiam pelas nossas mentes da mesma forma que água de um rio passa pela sua margem.Nepô me mostrou como uma aula 2.0 pode ser feita, realizada sem tecnologia alguma, ou melhor, com tecnologia sim, mas a da fala/ da conversa. Mostrou que ser 2.0 não é estar conectado 36 horas por dia no mundo virtual, e sim, que é uma questão de ponto de vista, de como você encara a vida e lida com ela.Júlia Linhares
Gestora de conteúdo da intranet do Centro de Pesquisas da Petrobras, designer, e blogueira nas horas vagas.

Milena Almeidadisse:4 04Etc/GMT+2 maio 04Etc/GMT+2 2011 às 22:47 (Editar)Em poucas horas de aula com o Nepô foi possível perceber o impacto que tal experiência foi capaz de proporcionar ao grupo. Sinto que foi uma importante contribuição para mim, como profissional e também como pessoa, passando, finalmente, a me enxergar como agente de mudança no meio em que atuo. Ajudou a abrir a cabeça, desconstruir conceitos e crenças, traçar paralelos, ou seja, a ficha caiu. E como profissional de mídias digitais, acredito que esse choque de realidade é fundamental para, assim como dito pelo Nepô, não sermos meros intelectuais de prateleira e sim capazes de promover transformações relevantes.Agradeço ao Nepô pela “chacoalhada” no HD.

Achei fascinante a forma como o Nepô contornou um problema que ocorreu com um aluno em sala de aula. Uma verdadeira lição de humildade, comportamento, afeto e fraternidade. Além disso, a participação dos presentes foi intensa devido ao incentivo dado pelo Nepô. A turma trocou muitas ideias e pode crescer não só intelectualmente, como também, espiritualmente. Com ideias inovadoras e um gás de otimismo injetados na turma, pudemos perceber que a web nos abre um mundo de possibilidades na busca do conhecimento e na participação política. Sem dúvida, uma das melhores aulas que tive na vida – Rafael Barcellos;


Matilde Oliveira disse:

7 07Etc/GMT+2 maio 07Etc/GMT+2 2011 às 0:41(Editar)

Nepô,

Impossível silenciar diante de tanta sabedoria passada com a simplicidade de poucos.

Obrigada pela oportunidade do repensar, por mexer nos alicerces, por balançar a base frágil da nossa infantilidade. Como é maravilhoso se redescobrir e perceber que o crescimento é eterno e vale à pena.

Co-laborando!!!

 

João Paulo Anzanello disse:

 

18 18Etc/GMT+2 abril 18Etc/GMT+2 2011 às 15:19(Editar)

Participar dos encontros 2.0 com o Nepô foi uma experiência altamente ‘ensurdecedora’. A contextualização que pudemos fazer sobre nós mesmos, e a própria forma de pensar o mundo globalizado e colaborativo de hoje, foi um choque gritante e enriquecedor que reverberou intensamente em nossas cabeças.

—————————–

Pessoal, quem for deixar comentário, coloca a função e empresa em que trabalha e me manda foto por e-mail para colorir a página.

cnepomu@gmail.com

Grato!

 

Please follow and like us:

15 Responses to “Clientes – depoimentos”

  1. Marina Henriques disse:

    Descobri o Nepô no MBKM e me surpreendi com a sua explicação sobre internet e com a sua forma de dar aula sem powerpoint. Hoje em dia me pergunto como vivi tanto tempo sem seus lúcidos devaneios. Sou completamente dependente dos seus posts!

    Gerência de Cultura e Arte – Sistema Firjan

  2. Fernanda Pompeu disse:

    Nepô é um dos caras mais generosos do mundo 2.0. Sempre recebo gratuitamente suas reflexões e pensamentos acerca da revolução provocada pela internet. Eu o vejo como um ativista qualificado do advento 2.0. Enfim, um formador de agentes de mudança.

  3. Acima de tudo, o grupo de estudos do Nepô é de abrir a cabeça. Faz você repensar a sua postura nesse mundo tão corrido, em que os valores às vezes se confundem. No meu caso especificamente, ficou uma sensação de entender melhor o que me incomodava tanto no meu dia a dia. Entender isso, por si só, já é um passo gigantesco para entender o que fazer para reduzir esse incômodo. Graças não só à condução do Nepô, mas pela construção coletiva de conhecimento. Todo mundo participa, todo mundo comenta, todo mundo faz parte efetivamente do grupo. Uma baita experiência, portanto.

  4. […] E que possamos, assim, reunir pessoas diferentes de todo o país para discutir as questões que tenho estudado e têm ajudado a muita gente a dar um salto adiante na maneira de pensar o mundo 2.0, como pode ser visto aqui com meus clientes. […]

  5. Sylvi Faustino disse:

    Hoje, assisti a um vídeo (De onde vêm as boas ideias) que me remeteu diretamente as aulas de Conversão 2.0.
    São naqueles curtos encontros, de pessoas completamente diferentes, com muitas falas e dúvidas no ar, regados com a generosidade, ensinamentos e estímulos do Nepô, é que vem as boas ideias.
    Desconstruir para construir novas ideias, e de forma coletiva, foi uma das várias lições que aprendi com esse grande mestre.

    Sylvi Faustino –Fundação Roberto Marinho (Projeto Olá, Turista!)

  6. […] ( VEJA DEPOIMENTO DE CLIENTES QUE JÁ ESTIVERAM COM NEPOMUCENO ) […]

  7. Aparecida Lacerda disse:

    Nepô é um professor raro: trilha um caminho no qual cada aluno parte de seu local particular para desconstruir, refletir e construir conhecimentos em uma dinâmica coletiva. Sua prática desafia de forma acolhedora e demonstra a importância do embasamento teórico para compreendermos e lidarmos com a revolução informacional que vivenciamos. Ampliei e fortaleci meu posicionamento e visão estratégica sobre as possibilidades do mundo 2.0.
    Fundação Roberto Marinho

  8. Bruna Baffa disse:

    Os encontros com o Nepô são um mergulho no mundo à nossa volta e um mergulho dentro da gente mesmo. É muito gratificante poder sentar em uma sala e discutir assuntos que falam conosco todos os dias de uma forma inteligente, provocativa, participativa e, principalmente, verdadeira. Cada pessoa é convidada para mais que uma aula, pra um pensamento em conjunto, uma troca de ideias e experiências, onde cada ponto de vista particular é muito bem-vindo e tem muito valor. É assim, afinal, que se formam os melhores lugares e as melhores conversas, não é? Imperdível!

  9. Bruna Baffa disse:

    Os encontros com o Nepô são um mergulho no mundo à nossa volta e um mergulho dentro da gente mesmo. É muito gratificante poder sentar em uma sala e discutir assuntos que falam conosco todos os dias de uma forma inteligente, provocativa, participativa e, principalmente, verdadeira. Cada pessoa é convidada para mais que uma aula, pra um pensamento em conjunto, uma troca de ideias e experiências, onde cada ponto de vista particular é muito bem-vindo e tem muito valor. É assim, afinal, que se formam os melhores lugares e as melhores conversas, não é? Imperdível!

  10. Mais do que conhecer o manual de instrução das ferramentas 2.0, é preciso entender o contexto. Que mudança estamos vivendo neste mundo digital, conectado e colaborativo? Por que usar uma ferramenta 2.0? Que mudança de cultura isto implica? Esta visão mais abrangente só foi possível com a interação com o Nepô, tanto no blog (sim, ele responde todos os comentários!), no curso online que fiz e nas leituras que ele recomenda. Vamos juntos!

    Foto: http://ipnews.com.br/ipexpo2011/images/stories/Palestrantes/keith-matsumoto_retrato.jpg

Leave a Reply

WhatsApp chat