Feed on
Posts
Comments

O áudio do artigo

Link encurtado: https://bit.ly/artigobimodal200622

Novas Hashtags:

#Séries&Filmes comentando e aprendendo com estes tipo de conteúdo.

Os Mapas Mentais do Artigo:

 

Frases de Divulgação do Artigo:

  1. Como vamos lidar com novos processos, se estamos usando paradigmas antigos? Ou visitar novos territórios com velhos mapas?
  2. Quanto mais um processo inovador altera filosoficamente os paradigmas, caso faça sentido, maior serão os ganhos exponenciais ao ser implantado.
  3. Quanto mais um processo inovador altera filosoficamente os paradigmas, mais resistência ele sofrerá.
  4. Processos Inovadores Disruptivos questionam filosoficamente os paradigmas e, por causa disso, permitem um ganho de escala maior.
  5. Na série Mindhunter, temos a uma pesquisa dentro de uma Entropia sem Padrão Consolidado e o processo de construção de um novo padrão.
  6. Entropias são momentos em que as teorias não rimam mais com os fatos.
  7. Na série Mindhunter: “como vamos nos antecipar aos serial killer se não conhecemos com eles pensam?”
  8. Entropias são momentos em que as teorias não rimam mais com os fatos.

Vamos ao Artigo:

“Dificilmente alguém entrega excelência ao fazer algo de que não gosta.”Benvenutti.

A série “Mindhunter”, disponível no Netflix, fala indiretamente sobre inovação.

O ator Jonathan Groff interpreta Holden Ford, um Disruptor, que abraça o desafio de procurar entender a mente dos serial killers e criar padrões de comportamento.

O primeiro ponto que se destaca na série é logo na primeira parte do primeiro episódio, quando Holden Ford conversa com outro pesquisador.

Eis o diálogo no balcão de um bar:

Holden – O mundo mal faz sentido, então o crime também não faz.

O outro pesquisador – Podemos teorizar a noite toda, mas realmente eu não sei.

Holden – Eu também não sei

O outro pesquisador – Ninguém sabe.

Holden – Mas deveríamos saber, certo?

O que temos aqui?

Um Disruptor diante de um problema em que não existe uma lógica, mas há uma demanda por ela.

Não se entendia bem os Serial Killers, mas seria bom que se entendesse.

Há uma onda nos EUA e no mundo de um novo tipo de crimes não motivados pelos modelos tradicionais (poder e dinheiro) que o FBI não conhecia como funcionava.

Temos ali, claramente, uma entropia diante de um determinado fenômeno.

Entropias são momentos em que as teorias não rimam mais com os fatos.

Na pesquisa que estamos fazendo aqui na BIMODAIS temos dois tipos de Entropias:

  • Entropia sem Padrão Consolidado – quando há uma demanda por explicação, mas as pessoas não acreditam ser possível se chegar a um padrão;
  • Entropia com Padrão Consolidado – quando há explicação, mas que ela tem problemas estruturais, que precisam ser revistos.

Um Disruptor adora esse tipo de desafio: chegar num ambiente com Entropias com ou sem Padrão consolidados.

Na série Mindhunter temos a narração de uma pesquisa dentro da Entropia sem Padrão Consolidado, que inicia um processo de construção do novo padrão.

Temos dois tipos de Processos Inovadores, com as seguintes perspectivas:

  • Processos Inovadores Incrementais (feitos por Incrementadores) –  que têm como perspectiva melhorias com ganho menos exponenciais;
  • Processos Inovadores Disruptivos (feitos por Disruptores) –  que têm como perspectiva melhorias com ganho mais exponenciais.

Processos Inovadores Disruptivos questionam filosoficamente os paradigmas e, por causa disso, permitem um ganho de escala maior.

Toda a ação humana é dividida em cinco etapas, que chamamos na BIMODAIS de Edifício dos Pensamentos e das Ações:

  • Filosofia – a essência das forças, que geram fenômenos;
  • Teoria – como as forças se relacionam e como repercutem nos fenômenos;
  • Metodologia – métodos para lidar melhor com os fenômenos;
  • Operacional – lidando, objetivamente, com o fenômeno;
  • Avaliação – revisão de todas as etapas para validação ou alteração de alguma delas.

Podemos dizer, assim, que:

Quanto mais um processo inovador altera filosoficamente os paradigmas, mais resistência ele sofrerá.

Podemos dizer mais:

Quanto mais um processo inovador altera filosoficamente os paradigmas, caso faça sentido, maior serão os ganhos exponenciais ao ser implantado.

Na série, vemos que temos uma revisão filosófica na maneira de se pensar os serial killers, na passagem de:

  • Não existe padrão possível de ser analisado para nos antecipar aos Serial Killers;
  • Existe padrão possível de ser analisado para nos antecipar aos Serial Killers.

Temos na série um momento importante, quando o ator Holt McCallany, que interpreta o personagem Bill Tench, diz para o seu chefe algo assim, ao defender que eles tinham que entrevistá-los?:

“Como vamos nos antecipar aos serial killer se não conhecemos com eles pensam?”

O que ele diz é:

Como vamos lidar com novos processos, se estamos usando paradigmas antigos?

Aquele papo Giardelliano:

Como vamos visitar novos territórios com os velhos mapas?

É isso, que dizes?

Quer sair de Matrix e não sabe onde comprar a pílula vermelha? Me manda um Zap: 21-996086422 (Nepô, quero sair de Matrix!)

Quer ser um parceiro da BIMODAIS e ganhar a cada aluno novo indicado? Entre por aqui: https://bit.ly/bimodalparceiro

Quer comprar o último livro feito dentro da escola “Civilização 2.0”, é por aqui:
https://sun.eduzz.com/347192

GRIFOS EM NEGRITO: CONCEITOS BIMODAIS

GRIFOS EM NEGRITO E AZUL:NOVOS CONCEITOS BIMODAIS (MARCO A COR SÓ NA PRIMEIRA VEZ QUE APARECE, DEPOIS FICA EM NEGRITO).

GRIFOS EM NEGRITO E AZUL SUBLINHADO:LINKS PARA AS HASHTAGS BIMODAIS.

GRIFOS EM ITÁLICO E VERMELHO: DESCRIÇÃO DE CONCEITOS BIMODAIS CLÁSSICOS.

GRIFOS EM ITÁLICO E ROXO: DESCRIÇÃO DE NOVOS CONCEITOS BIMODAIS.

GRIFOS EM NEGRITO E VERDE: NEOLOGISMOS BIMODAIS PARA MELHORAR A NARRATIVA.

GRIFOS EM NEGRITO E MARROM: HASHTAGS BIMODAIS PARA ORGANIZAR A NARRATIVA.

GRIFOS EM NEGRITO E LARANJA: SÃO AS REGRAS BIMODAIS DENTRO DA NARRATIVA.

GRIFOS EM NEGRITO E ROSA: SÃO AS PROJEÇÕES BIMODAIS.

 

Leave a Reply

WhatsApp chat