Feed on
Posts
Comments

Mudanças são necessárias quando nossos hábitos vão na direção contrária à lógica da vida.

Note que a complexidade de determinada mudança NÃO está na vida, mas na dificuldade que temos de abandonar antigos hábitos.

Um enfarte de quem tem vida desregrada é bom exemplo de mudança complexa.

A pessoa tem que mudar de hábitos, sem ter vontade, de forma radical, para evitar novo enfarte.

E, por causa disso, tem que enfrentar necessariamente mudança complexa.

Mudança complexa é, assim, aquela, que está muito longe dos nossos hábitos e bate com a lógica da vida e nos obriga a mudar sem querer.

É complexa não pela lógica da vida, mas pelos aspectos psicológicos da mudança.

A vida nos diz: “esse hábito que você está acostumado, precisa ser alterado, mesmo que não queira”.

A vida adora mandar esse tipo de recados para nossos hábitos, através de crises.

A crise, portanto, é resultado objetivo de uma forma de pensar e agir que não está “batendo” com a lógica da vida!

Mudanças complexas geralmente vêm logo depois de crises, que tornam as alterações de nossos hábitos cada vez mais prioritárias.

Em geral, quando insistimos naquele hábito a crise se agudiza.

A complexidade, por fim, não está na vida, mas na mudança.

A vida é simples nós é que somos complexos.

É isso, que dizes?

Leave a Reply

WhatsApp chat