Feed on
Posts
Comments

Muito se fala hoje da passagem da mentalidade linear para uma mais complexa. Aquela que permitiria ao sapiens viver nesse novo século.

Existe muito MIMIMI sobre isso e a realidade.

Só é possível chegar na realidade se formos ao passado, no qual o ser humano se adapta, se adapta para manter a sua essência.

Se focarmos na essência, não perdemos o rumo.

O ser humano tem na sua essência o desejo de crescer demograficamente – e fazemos isso desde que o sapiens é sapiens.

Não é à toa o salto de um para sete bilhões nos últimos 200 anos.

Assim, quando falamos em demanda de nova mentalidade para lidar com complexidade, desde o tempo do nosso tatatataravô há necessidade de ajuste do sapiens sempre de ambiente social com menos para mais gente.

Esse é o ponto principal.

Aumenta o volume de dados a ser processado sobre cada pessoa.

Porém, por causa disso e além disso, somos obrigados a criar mídias mais sofisticadas para que possamos lidar melhor com a complexidade e estas nos permite modificar o ambiente administrativo.

Assim, precisamos de mentalidade que se adapte:

  • do ambiente com menos para mais dados;
  • da mídia mais sofisticada que permita lidar com mais dados;
  • e do modelo administrativo, que aumenta o poder de decisão das pontas, que permita lidar com mais dados.

Hoje, com a chegada da Era Digital vivemos justamente a passagem:

  • Do analógico (Canais mais Verticais e Linguagem Midiática Oral e Escrita) para o Digital (Canais mais Horizontais e Linguagem Midiática dos Rastros);
  • Da Gestão (DNA administrativo atual) para a Curadoria (emergente);

A Curadoria – também conhecida como Uberização – inaugura nova Era Midiática Civilizatória, na qual o DNA Mamífero que sempre utilizamos até aqui está dando lugar para um DNA dos Insetos.

A saber:

  • Mamíferos se utilizam de sons e, por causa, disso necessitam de líderes-alfas (intermediadores mais presentes);
  • Insetos se utilizam de rastros e, por causa disso, não necessitam mais de líderes-alfas, através da Liderança Contextual – você comanda por causa do contexto.

A maior dificuldade que temos hoje não é abandonar nossa cabeça linear, mas a Mentalidade Mamífera e passar ao modelos dos insetos.

Tivemos com sete bilhões de sapiens adotar o modelo de comunicação e administração dos insetos para continuarmos humanos.

É isso, que dizes?

Quer ser um Futurista Bimodal?

Me mande um zap: 21-99608-6422

Conheça nosso Programa de Formação de Futuristas Bimodais.

Veja aqui o depoimento completo dos nossos formandos!

RESSALVA

Os Conceitos Estruturantes criados ou utilizados neste texto serão grafados com caixa alta no início da palavra, tal como Futurismo.

Ao final do texto do livro “Futurismo Competitivo Digital Bimodal – Teoria e Prática” temos o Glossário Completo com a definição de todos eles para que sirva de suporte aos que querem se aprofundar no tema.

E referência para que se possa entender com a máxima precisão o que estamos propondo aqui em termos de pensar e agir.

Veja abaixo o depoimento de um dos nossos participantes:

One Response to “Estamos partindo para a mentalidade dos insetos!”

WhatsApp chat