Feed on
Posts
Comments

Tema: aprofundando a “Ruptura 2.0”

Veja depoimento dos meus clientes e alunos.

Faça aqui sua pré-inscrição, comentando neste post.

O objetivo:

Ajudar aos  participantes a refletir sobre as mudanças que a Internet traz para a sociedade e construir coletivamente uma nova lógica para olhar para nossa sociedade de outra maneira.

Tópicos gerais:

  • A Internet cria uma nova civilização?
  • Qual a característica dessa nova civilização?
  • A nova civilização nas Organizações
  • A nova civilização na Escola
  • A nova civilização….(a partir dos participantes)

Dinâmica:

Um grupo de estudo tem uma dinâmica diferente de uma “aula”. Todos dividem as suas angústias, receios, temores, senso comum, dúvidas  sobre este novo mundo e num trabalho coletivo vamos tentando chegar a alguns consensos, ou, pelo menos, percebermos quais são os pontos de vistas majoritários.

As reuniões são acompanhadas da publicação de textos no blog (www.nepo.com.br) e de uma comunidade, através de lista de discussão no Google, na qual o coordenador mantém o pessoal informado de notícias, textos, comentários, etc sobre os temas discutidos, além da colaboração de todos.

Este grupo poderá ser misto, online e presencial, estou amadurecendo.


O que se um participante pode esperar?

  • Sair com uma visão mais ampla do fenômeno Internet;
  • Compartilhar essa visão com outros interessados no tema;
  • Conseguir visualizar aplicações práticas, mesmo que de médio prazo para o seu exercício profissional.

Participantes:

Há um critério de seleção da turma, através de experiência do coordenador de trazer pessoas inquietas, curiosas e que vão agregar aos demais.

Teremos quatro encontros, que serão no segundo semestre.

Dias das aulas: quartas, à noite, no Centro da cidade.

Como o processo de montar turmas é complexo, resolvi fazer o seguinte.

Tem três modelos:

1- fila pagante – R$ 200,00 ( o aluno se cadastra e aguarda o fechamento da turma e com este bom desconto do curso, espera, entra no risco comigo, eu coloco-o na  lista do grupo, que entra na mala direta dos meus ex-alunos, com notícias e comentários interessantes sobre o mundo 2.0, já vai se ambientando, pode parcelar, se quiser em duas vezes. Se não tiver o curso em seis meses, devolvo o dinheiro);

2- fila não pagante (o cadastro para o curso, o que garante receber o aviso antes do encontro, com desconto, pagando R$ 250,00, logo que o curso for aberto);

3 – quando o curso for aberto para o público – o valor é de R$ 300,00. Vale para quando o curso for anunciado. Que é o preço dele sem desconto.

Quem pagou e não puder por algum motivo fazer o curso, recebe o dinheiro de volta, na condição de me avisar com 10 dias de antecedência para poder me planejar. Garanto vaga para estes no próximo curso, em não podendo perde o valor depositado.

Para qualquer um dos participantes, gostaria que respondesse:

a) por que gostaria de fazer este grupo de estudo?

b) e qual é sua experiência prática ou teórica nesse mundo 2.0?

Comente abaixo, ou me mande email: cnepomu@gmail.com

Grato pela confiança,

Nepomuceno

Este curso é parceria com ContentMind.


Em que detalhe:

  • Por que quer fazer parte do grupo?
  • Como acha que pode ajudar na mudança do mundo 1.0 para o mundo 2.0?

Veja a cobertura completa do que foi o primeiro grupo:

http://nepo.com.br/category/grupo-de-estudos-2-0/

 

Quem é Carlos Nepomuceno (o provocador dos debates)?

Não é guru, mágico, profeta, ilusionista, apenas um pesquisador persistente, honesto, que gosta da boa lógica, autores com consistência e conversar e aprender com os outros, por isso, está sempre aprendendo e desaprendendo.

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal Fluminense/IBICT, no qual se dedica há mais de 15 anos a estudar a história de outras revoluções informacionais e, por isso, consegue ter uma visão mais ampla e profunda do fenômeno. Graduado em Jornalismo e Mestre em Ciência da Informação;

Apesar da consistência teórica, Nepô, como gosta de ser chamado, é empreendedor há mais de 15 anos na Internet, com mais de 400 projetos desenvolvidos em todas as áreas, formatos e tamanhos, até consultoria estratégica e treinamento em empresas de grande porte em todo o país, principalmente no Rio de Janeiro.

Tem ajudado empresas como Vale, Nokia, Petrobras, BNDES, Dataprev, Prodesp a ter uma visão mais ampla sobre o fenômeno, procurando alterar modelos mentais. Recebeu o prêmio da Revista Info, há cerca de dois anos, por ser considerado uma dos 50 pessoas mais inovadoras do país na área de tecnologia.

Nepô se caracteriza por seguir a filosofia de Gandhi; “Seja a revolução que queres para o mundo“. Assim, tem um dos blogs mais ativos no Brasil (www.nepo.com.br) do mundo 2.0, com mais de três anos de atividade, com postagens diárias (pode ler o novo post de hoje).

São até hoje 800 postagens, com mais de 4700 comentários.

É ativo nas redes sociais, através de dicas e principalmente frases curtas e filosóficas sobre fenômeno, com forte carga filosófica e humana, através do Twitter, (@cnepomuceno), replicando no Facebook e Linkedin com cerca de 3 mil seguidores, a maioria com especialização no mundo 2.0.

Promove encontros como o atual há 7 anos em diversas cidades brasileiras e pela própria Internet, naquilo que ele chama “sala de aula 2.0“, baseada no conceito do diálogo honesto. (Pede que os participantes não levem laptops e deixem todos os seus gadgets desligados durante o encontro).

A média das notas na avaliação dos participantes de suas palestras, cursos e encontros é de 9 a 10.

 


16 Responses to “Grupo de Estudos 2011 – segundo semestre”

  1. Miriam disse:

    Gostaria de saber o endereço das aulas no Rio de Janeiro Atenciosamente Miriam

  2. […] Vi no excelente blog do nosso amigo Nepôsts – Rascunhos Compartilhados […]

  3. Carlos Nepomuceno disse:

    Pessoal, estou abrindo um online também.

    Pensando algo para o segundo semestre e vou abrir uma reserva para saber o interesse.

    Quem tiver disposto, me mande um email (carlos@nepo.com.br)

    Com:
    Nome
    Experiência
    Motivo de interesse com o grupo:

    Abraços,

    Nepomuceno

  4. Caros, faço parte do primeiro grupo de estudos do Nepo e recomendo para todos que procuram expandir seus aquários de conhecimento. 🙂 O nível da turma é excelente. Você vai compartilhar informações e construir novos conhecimentos com pessoas de diferentes bagagens acadêmicas e profissionais, mas que estão focadas nessa busca que o Nepo chama no Grupo de Estudos de “Ruptura 2.0”. Ideias incríveis, conhecimento compartilhado e novas maneiras de ver o mundo. Todas essas questões são levantadas para buscar soluções para problemas reais e complexos.
    Tudo o que foi levantado durante os encontros me ajudaram a pensar o projeto que desenvolvo e, principalmente, conhecimento empírico na hora de elaborar, divulgar e apresentar novos projetos para clientes, organizações ou empresas.
    Grande abraço
    Rodrigo Nogueira
    Editor do projeto Viva Favela (1ª plataforma de jornalismo cidadão voltada para favelas e periferias do Brasil)

  5. Aos que pretendem fazer parte do grupo de estudos do Nepô,
    fiz parte do primeiro grupo, que contou com a participação do Rodrigo Nogueira, comentarista nesse mesmo post. Posso dizer que foi uma experiência única, que mudou minha forma de pensar o papel dos profissionais do mundo digital.
    Nepomuceno propõe ideias através de um modelo teórico sistêmico que serve como base de todo o estudo. Algo que mostra tudo funciona desde a passagem do feudalismo para o capitalismo, promovida pelo livro impresso.
    O mais importante de tudo isso é a chance de conhecer novos pensamentos, gente que está antenada com o novo e tenta se unir para aumentar o número daqueles que querem fazer diferente.
    O grupo foi uma experiência inesquecível para mim. Espero que os novos membros sintam o mesmo.
    Fábio Carvalho – coordenador estratégico em novas mídias.

  6. Nepô,

    Como em agosto não teremos mais encontros através da Pós, quero saber se posso me inscrever no grupo. Como é que funciona a inscrisção?

    Abs,

    Luiz.

  7. Carlos Nepomuceno disse:

    Luiz, já te coloquei dentro!

  8. Camila Leporace disse:

    Participei da primeira turma do grupo, que agora continua trocando e-mails e seguirá se encontrando uma vez por mês. Os encontros e debates têm sido uma experiência muito interessante.

    Se me perguntam se nossas discussões são sobre “Internet” ou sobre “Comunicação”, respondo até que sim, mas replico: tem como discutir Internet sem debater todo o resto? A Internet influencia “apenas” na comunicação? E a comunicação, não influencia tudo também?

    Um debate sobre Internet é também sobre as mudanças sociais, econômicas, filosóficas e culturais pelas quais o mundo está passando. Considero essa noção importante para quem é um profissional de Web, mas não apenas para nós. Trata-se de uma análise que interessa a todos. É importante pensar no que muda à medida que a Internet se torna mais intensa e participativa, e analisar também qual o nosso papel em meio a essas transformações.

    Dentro dessa perspectiva, o grupo – num formato colaborativo, em que as discussões são propostas e todos falam e são ouvidos – contribui muito para nos ajudar a organizar os pensamentos, rever conceitos, abrir a cabeça (sempre dá para abrir mais um pouquinho…) e, principalmente, para avaliarmos o nosso posicionamento profissional – e pessoal – em meio às rupturas e à necessidade de quebra de paradigmas pelas quais a sociedade está passando.

    Camila Leporace – Jornalista especializada em Comunicação Digital

  9. Barbara disse:

    Olá, Nepo.
    Quero participar! Como faço?

    Abs.

  10. […] idéias com ele. Seja através do Blog do Nepo, cursos de pós graduação, como no meu caso, através do grupo de estudos, das palestras e wikishops que ele promove ou lendo o e-book Civilização […]

  11. […] idéias com ele. Seja através do Blog do Nepo, cursos de pós graduação, como no meu caso, através do grupo de estudos, das palestras e wikishops que ele promove ou lendo o e-book Civilização […]

  12. Veronica Solti disse:

    Napo:
    Gostaria muito de fazer parte deste grupo de trabalho – Ruptura 2.0, que começará em março, as segundas, a partir das 19h, mas não vejo como, por causa da Pós, que é no mesmo horário. Você tem alguma sugestão?!
    Estou muito interessada em aprofundar essa discussão. Gosto muito de filosofia e de história, gostaria realmente de ampliar meus conhecimento, e fiquei interessada na proposta do curso.
    Saudações,
    Veronica Solti

  13. […] o trabalho no varejo, com os meus seguidores do Twitter, blog, etc, montando turmas presenciais e a distância para trabalhos de “coo-vencimentos” coletivos, a partir do que tenho […]

  14. […] idéias com ele. Seja através do Blog do Nepo, cursos de pós graduação, como no meu caso, através do grupo de estudos, das palestras e wikishops que ele promove ou lendo o e-book Civilização […]

Leave a Reply to Nepôsts – Rascunhos Compartilhados » Blog Archive » O valor das redes

WhatsApp chat