Feed on
Posts
Comments

Search Results for ' toronto '

Escolas de pensamento ficam conhecidas em função de ideias originais de um conjunto de autores, que defende uma posição em torno de alguns eixos centrais, que modificam a maneira de pensar corrente. Há uma sinergia entre eles e pesquisas correlatas,  que a rede de pensamento proporciona, que se cria um núcleo de pensamento, que acaba sendo chamado […]

Read Full Post »

O Léo, sócio do Clube, me pergunta: Bom, vamos lá. O cara que não se diz da Escola de Toronto é o Pierre Lévy. Por que ele diz que não é e é. A Escola de Toronto não é um Torontismo. Ou Mchluhaismo. Pois tudo que tem ismo tem por trás uma metodologia proposta. Ex: Marxismo […]

Read Full Post »

 A escola de Toronto é chave para entender a Internet. Nunca, na história dessa humanidade (rindo) um grupo de pesquisadores estudou as rupturas das mídias com tanta liberdade intelectual e criatividade. São meus ídolos e gurus, sugiro que os coloque também em lugar de destaque nos seus pensamentos, pois eles são fundamentais para projetar o […]

Read Full Post »

Ouvi esse vídeo no meu celular (uso o You2load para isso e recomendo). A palestra não cai nas armadilhas da cobertura tradicional, pois vê na manifestação algo conceitual, que é o questionamento que chamamos aqui de monocentrismo. Falta a Magnoli, a meu ver,  leitura da Escola de Toronto, na qual vamos entender os efeitos das […]

Read Full Post »

O áudio do artigo. “Os pessimistas têm razão, mas quem muda o mundo são os otimistas”. – Anônimo. Qual é a grande mudança de paradigma que precisamos fazer para entender o atual presente e futuro estruturalmente disruptivo? Diria que é preciso alterar a forma como encaramos o Motor da História Humana. Hoje, o Senso Comum, […]

Read Full Post »

Versão 2.0 – última atualização 02/07/21. O áudio do artigo da versão 1.0. O áudio do artigo da versão 2.0. O presente artigo se encaixa nos seguintes tópicos no MAPA MENTAL BIMODAL:  Entre para a Escola para ter acesso ao MAPA MENTAL BIMODAL com os links para todos os artigos com as nossas Metodologias. “O […]

Read Full Post »

Versão 1.2 – 21/07/21 Link Encurtado: https://bit.ly/artigobimodal210721a O áudio da primeira versão do artigo. O áudio da segunda versão do artigo. “Mudou a mídia, mudou a civilização.” – Pierre Lévy. Este texto faz parte dos Artigos Didáticos Bimodais, por isso são mais densos, com forte preocupação conceitual e servem de base para que os Bimodais possam […]

Read Full Post »

Versão 1.2 – 13/07/21 O áudio do artigo. O áudio da segunda versão do artigo. “O problema do nosso tempo é que o futuro não é o que costumava ser.“- Paul Valéry. Este texto faz parte dos Artigos Didáticos Bimodais, por isso são mais densos, com forte preocupação conceitual e servem de base para que […]

Read Full Post »

Áudio do Artigo versão 1.0. Versão 1.3 – 19/07/21 “O futuro é sempre pensado nas empresas em termos incrementais.” – Luc de Brabandere. Este texto faz parte dos Artigos Didáticos Bimodais, por isso são mais densos, com forte preocupação conceitual e servem de base para que se possa entender, dialogar e aprimorar a Narrativa dos […]

Read Full Post »

O áudio do artigo. O presente artigo se encaixa nos seguintes tópicos no Mapa Mental da Escola Bimodal. Veja as tabelas mais atualizadas do Mapa Mental da Escola Bimodal: ( https://bit.ly/2RK8HTX ) “O futuro é sempre pensado nas empresas em termos incrementais.” – Luc de Brabandere. Vimos no artigo anterior, as bases do que chamamos […]

Read Full Post »

O áudio do artigo. O presente artigo se encaixa nos seguintes tópicos no Mapa Mental da Escola Bimodal.   Veja as tabelas mais atualizadas dos Mapa Mental da Escola Bimodal: ( https://bit.ly/2RK8HTX ) “Muitas pessoas pensam que estão a pensar quando estão apenas a re-arrumar os seus preconceitos.”– William James. Vivemos hoje um Fenômeno Social […]

Read Full Post »

Áudio aqui. O presente artigo se encaixa nos seguintes tópicos no Mapa Mental da Escola Bimodal: e pode ser visto aqui. “Raramente os gerentes têm consciência da teoria que lhes serve de base.” – Christensen e Raynor. Diferentes países criam hábitos e Cosmovisões filosóficas distintas. Há algo filosoficamente hegemônico que marca cada povo, de maneira […]

Read Full Post »

Áudio do artigo. O presente artigo se encaixa nos seguintes tópicos no Mapa Mental da Escola Bimodal: e pode ser visto aqui. “Para se manter vivo, o homem deve pensar.” – Ayn Rand. Um Conceituador é um profissional que tem como missão criar explicações sobre determinado fenômeno da realidade. Um fenômeno é um conjunto de […]

Read Full Post »

“Uma nova verdade científica não triunfa porque os que se opunham a ela veem a luz e saem convencidos, mas porque acabam morrendo e surge uma nova geração mais familiarizada com ela.” – Thomas Kuhn. Vivemos hoje uma Histeria Coletiva diante das disruptivas mudanças que estamos assistindo, a partir da chegada e massificação da Revolução […]

Read Full Post »

“Um homem aponta para o céu. O tolo olha para o dedo e o sábio para a lua.” – provérbio chinês. Vamos às definições que alguns Conceituadores de Plantão atribuíram ao mundo atual e que tiveram boa aceitação por clientes carentes de compreensão: VUCA – Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo. BANI – Frágil, Ansioso, Não […]

Read Full Post »

“Quando alguém aponta o dedo para a lua, o tolo olha para o dedo e o sábio para a lua.” – Provérbio Chinês. O substantivo foi inventado para definir algo permanente: pedra. Já o adjetivo para qualificar a pedra: grande, redonda, pesada, de baixo ou alto valor. Na Filosofia, os substantivos definem a essência das […]

Read Full Post »

“A emergência do ciberespaço acompanha, traduz e favorece uma evolução geral da civilização.” – Pierre Lévy. Temos batido numa mesma tecla por aqui: a chegada da Internet colocou as Ciências Sociais numa profunda crise de paradigmas – numa anomalia científica. Vivemos hoje uma Revolução Midiática Civilizacional – um raro Fenômeno Social Recorrente – o mais […]

Read Full Post »

“Poucas pessoas fazem as perguntas mais profundas. O problema é que essas perguntas são vitais para chegar ao âmago dos problemas que motivam o comportamento babaca dele.” – Mark Manson. Nossa Tecnoespécie tem alta taxa de liberdade sobre a genética. É a maior entre todos os seres vivos deste planeta. Para sobreviver e viver, temos […]

Read Full Post »

  Problemas dos mais variados são sintomas de que há uma relação inadequada com determinado fenômeno. E, por causa disso, se cria uma ciência para estudar o fenômeno para minimizar o problema. Um médico não estuda a febre, mas a doença (fenômeno) que provoca a febre, mas os fatores causantes, detonantes, consequentes e atuantes (diagnóstico, […]

Read Full Post »

Uma escola de pensamento é criada por um ou dois filósofos que têm uma visão diferenciada sobre determinado fenômeno e inaugura uma nova linha de análise. É o que Imre Lakatos (1922-74) chamou de “núcleo duro”. Qualquer estudo de qualquer fenômeno é feito de encruzilhadas filosóficas e as Escolas de Pensamento fazem as suas escolhas. […]

Read Full Post »

O Futurismo é a projeção das Macrotendências de longo prazo. Não confundir com o Modismo, que é de curto. Competitivo, pois não é um Futurismo para passar em programa de televisão, mas ajudar pessoas a decidir coisas sobre o amanhã. E Bimodal, que faz uma opção por um determinado tipo de visão de Futuro baseado […]

Read Full Post »

Uma Escola de Pensamento se organiza em torno de Núcleo Duro. O Núcleo Duro (o termo é do Lakatos) é aquilo que atrai as pessoas, de forma voluntária, que dizem: “eu me identifico com isso”. Um Núcleo Duro, adaptado aqui dentro da nossa escola, significa o que chamamos de Absurdo Filosófico. O que seria isso? […]

Read Full Post »

Uma teoria é um conjunto de regras ou leis, mais ou menos sistematizadas, aplicadas a uma área específica. Quando falamos de teoria da história, nos referimos a fatores que podem nos ajudar a marcar início e fins de Eras Civilizacionais. Momentos que tivemos um fenômeno, que a partir dele, muita coisa se alterou dali por […]

Read Full Post »

Lembro bem do dia que li o livro “Cibercultura” de Pierre Lévy. Naquele momento, estava saindo da compreensão do digital como Fenômeno Social Único para Recorrente na história. Lévy é representante, mesmo que não assuma isso, da Escola Canadense de Comunicação (também conhecida como Escola de Toronto), que estuda há décadas as mudanças de mídia no passado. […]

Read Full Post »

Bio

Jornalista de tecnologia, Doutor em Ciência da Informação, escreve, ministra aulas e palestras, pesquisa sobre a Era Digital há mais de 40 anos. Criou sua empresa de consultoria estratégica, Pontonet, em 1995. Tem na carteira mais de 500 clientes de todos os perfis e tamanhos. Já proferiu centenas de palestras com milhares de alunos atendidos.  Pode […]

Read Full Post »

Muita gente acha que o liberalismo foi criado, mas, na minha avaliação, ele foi interpretado. Coloco a figura abaixo para provocar, diria que ele foi quase psicografado pelas tecnologias (para deixar muita gente nervosa e provocar). A espécie humana vive movimentos que chamei de Pêndulos Cognitivos, que nos levam à concentração e descentralização de poder, em […]

Read Full Post »

Tudo parece diferente, mas os dois partidos novos são bem parecidos. Ambos, vivem um movimento de resgate das ideias de descentralização do poder, ou talvez da auto-regulação do poder pelas trocas, com a força do indivíduo, cuja as bases remontam pós-Idade Média na luta contra o poder absoluto. Ambos procuram fugir do modelo clássico marxista […]

Read Full Post »

Discordo da visão de Rodrigo Constantino deste vídeo: As manifestações de 2013 foram em defesa do poder dos indivíduos e pelo fim da centralização política atual. Foi, concordo com ele, um movimento sem causa, mas um sentimento de mudança pela descentralização política. E o que é mais liberal na política do que a descentralização? Falta […]

Read Full Post »

Fiz este vídeo na discussão da III Semana do Campeonato Cognitivo do Clube do Nepô: Faço um desenho agora das três instâncias que precisamos definir para poder participar de um Diálogo Honesto em um ambiente mais líquido:   A definição Ética é algo que resume o significado do que por que estamos aqui. Minha opção, […]

Read Full Post »

Comecei neste post, outra linha de abordagem sobre como podemos revisar como pensamos o ser humano e como produzimos cultura.  O que podemos começar a dizer que estamos tateando é que nossa espécie tem mudanças profundas e consistentes, mas que NEM TODAS ELAS  são provocadas por fatores culturais. Hoje, é comum dizer que a espécie […]

Read Full Post »

Todo o material da semana reunido em um só lugar. Aqui! Favor comentar todos os vídeos e textos, exceto o principal, nos comentários abaixo, sempre cite sobre qual vídeo, texto, ou assunto está comentando!   Vídeo principal da semana: Formulário de avaliação do Vídeo Principal: https://docs.google.com/forms/d/1p5JrR-m3tEc6qRdhWk_YNOsdqGE19KZzwgaUtamaOZ8/viewform Repostas dos sócios para o formulário do vídeo principal: https://docs.google.com/spreadsheet/ccc?key=0Agv7qg2mm8UNdC1XRDlhWndrZWs5NThFd0ViX2VtNFE&usp=sharing […]

Read Full Post »

Nós não vamos inventar uma inteligência artificial, nossa inteligência já é – e sempre foi –  artificial! O cérebro humano não trabalha no vazio. Não é como os outros animais que anda sem uma tecnologia para sustentá-lo. Por vários motivos, inclusive anatômicos (para poder sair da barriga da mãe), não pudemos crescê-lo mais do que […]

Read Full Post »

Não faremos reformas na política, na educação, nas organizações, mas teremos que facilitar para que a nova cultura, que já está sendo vivida pelo nosso novo cérebro possa ser exercida. Não será mais do mesmo, mas mais do que nunca foi vivido, pois o nosso cérebro não é mais o mesmo e nem nós, estamos radicalmente […]

Read Full Post »

Quem tem acompanhado este blog, sabe que estamos empenhado em uma tarefa hercúlea, a saber: – desenvolver uma nova visão filosófica da tecno-espécie, que chame de filosofia tecno-cognitiva, que é um aprofundamento filosófico das teorias da Escola de Toronto; – desenvolver uma nova área que é a Antropologia Cognitiva e, dentro dela, a ideia das […]

Read Full Post »

Este seria o sonho de toda a Escola de Toronto e de McLuhan seu principal representante, que afirmou “O Meio é a massagem”, que acabou ficando “O Meio é a mensagem”. Ou seja, independente daquilo que você vê na televisão, ela está mudando a sua cabeça. E isso se daria também com todos os outros […]

Read Full Post »

Note que estamos vivendo um fenômeno novo. Revoluções Cognitivas no passado eram muito lentas.  Duravam milênios. Evoluções Cognitivas levavam menos tempo, mas eram séculos. (Ver a diferença entre uma e outra aqui.) A Revolução Cognitiva Digital tem uma característica própria da velocidade. O que no passado se levava séculos para perceber o efeito, hoje estamos levando […]

Read Full Post »

A meu ver ignorar a Força Autônoma das Tecnologias é o grande erro filosófico-teórico do século XX e que precisará ser revisto se quisermos entender o novo século. Podeira dizer que o ponto de virada para compreender o século XXI é uma mudança na maneira que pensamos o ser humano e a sua relação com […]

Read Full Post »

Bom, quem lê o blog sabe que o trilho principal é a filosofia tecno-cognitiva, que parte da hipótese que o ser humano é uma tecno-espécie. Muitos que se aventuram no âmbito da relação das tecnologias e da sociedade cometem o equívoco de não levar em conta a Escola de Toronto, que deixa claro o quanto […]

Read Full Post »

Manipulação cognitiva

Não podemos lidar com aquilo que não compreendemos. Este talvez seja o principal recado do século XXI para a nossa espécie. Existem novas forças atuando que não conhecemos a fundo e estamos tentando lidar com elas como se fossem conhecidas. Nossas metodologias de abordagem parecem uma escada voadora, não tem chão, não encosta na parede. […]

Read Full Post »

Mutação e percepção

Gostei muito do vídeo abaixo do prof. Luiz Alberto Oliveira. O que ele tem de interessante: – toca na questão da tecnologia e sua relação com a cultura; – aponta a espécie humana como objeto de estudo; – lembra os saltos demográficos como algo relevante; – introduz também a questão da mutação. Ele parte de […]

Read Full Post »

Ciência 3.0

Todo o processo de produção incremental que faz sentido em um momento de contração cognitiva deixa de valer na expansão e na necessidade de inovação radical! O que se precisas agora é uma “mesa” que permita, de novo, “embaralhar as cartas”. Acredito que o principal elemento para entender o futuro é compreender os efeitos de […]

Read Full Post »

Eis aqui os principais conceitos que tenho desenvolvido. Ambiente Cognitivo Analógico – todos os que vieram antes do Digital – 17/06/14, a partir deste post;  Ambiente Cognitivo – criado a partir do somatório de Tecnologia Cognitiva + Plástica Cerebral + Modelo Mental + Cultura + Organizações, que passam a ser compatíveis entre si – 17/06/14 (um termo […]

Read Full Post »

 Temos pouco estudo sobre as instabilidades tecnológicas. O que acontece quando tecnologias se massificam e, em especial, as tecnologias-mães da espécie: as tecnologias cognitivas. Escrevi ano passado um ebook inteiro sobre o que chamei filosofia tecno-cognitiva. O papel da filosofia nas crises é rever verdades absolutas ou bastante consagradas, diante de novos fatos que não se […]

Read Full Post »

Quanto mais radical for a mudança nas tecnologias cognitivas, mais radical será a mudança na governança da sociedade. Sim, tem muita fumaça no horizonte e pouco fogo. Quando há muitas alterações de um dado equilíbrio, é preciso analisar com calma o principal motivo DESESTABILIZADOR. Se nos concentramos em entender o fator principal da INSTABILIDADE podemos […]

Read Full Post »

Tenho apontado, como aqui por exemplo, os efeitos da explosão demográfica e sua complexidade com o fator principal das mudanças radicais da sociedade hoje. Muitos podem perguntar: mas se estamos crescendo a olhos vistos há 200 anos por que teremos mudanças radicais agora? Isso só pode ser entendido por algum encadeamento de fatos. A sociedade […]

Read Full Post »

Como vimos aqui, temos que fazer um resgate da história da filosofia. Nossa revisão passa pelo cruzamento do processo de contração e expansão cognitiva, que tem forte influência nas escolas filosóficas, em dois movimentos: de perda da força dos argumentos e de uma verdade de melhor qualidade (na expansão) para a baixa dos argumentos e uma […]

Read Full Post »

Já combati aqui a ideia que estamos em uma sociedade do conhecimento. E agora vou questionar que estamos entrando em uma sociedade em rede. Os motivos da crítica são as mesmas. Ambas as conclusões são mais “achismos”, sensitivismos, percepcionismos, do que uma visão científica, que vai se agarrar em algo mais racional e reflexivo, tendo […]

Read Full Post »

Hoje, caminhei ouvindo a entrevista de Augusto de Franco sobre educação, aqui neste link (http://www.youtube.com/watch?v=tuPvOifsXqI).  A conversa acabou rolando, “ao vivo”, no Facebook. Várias coisas me passam pela cabeça, já fiz um primeiro post e este é o segundo. Como disse lá no primeiro, Augusto já está do outro lado da rebentação. Peça fundamental para […]

Read Full Post »

Ontem, caminhei ouvindo a entrevista de Augusto de Franco sobre educação, aqui neste link (http://www.youtube.com/watch?v=tuPvOifsXqI). A conversa acabou rolando, “ao vivo”, no Facebook. Várias coisas me passam pela cabeça, já fiz um primeiro post e este é o terceiro. Augusto topou a conversa e logo depois ele questionou o termo “concordância e discordâncias” que propus […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 20/09/2013 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Tem horas que é bom parar para pensar em que terreno estamos pisando. Minha pesquisa […]

Read Full Post »

Versão 2.0 – 15/09/2013 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação.  (Para meus alunos: neste post estou aplicando as teorias das redes + estudos da Escola […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 18/09/2013 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Criei aqui em cima do computador uma galeria de ídolos, pensadores, filósofos. Quando eu olho […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 18/09/2013 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Caiu nas minhas mãos por acaso em um sebo o livro “Império da Comunicação” de […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 18/09/2013 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Existe uma ilusão de que a escola é auto-independente e que as mudanças sociais podem […]

Read Full Post »

Otimismo ou Realismo?

Versão 1.0 – 16/09/13 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Veja o que achas: Acredito que estamos em uma guinada civilizacional. Que a Internet traz […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 16/09/13 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. (Mais dicas para ouvir vídeos no seu celular, aqui.)   Recomendo FORTEMENTE este vídeo para […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 11/09/13 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Nos estudos que tenho feito sobre filosofia é interessante notar que a história da filosofia […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 05/09/13 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Por aprofundamento do tema sobre a chegada da Internet, acabei chegando no conceito de “era […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 03/09/13 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação.   Estou lendo o livro “Revolução da escrita na Grécia” de Eric Havelock. O livro […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 03/09/13 Colabore revisando, criticando e sugerindo novos caminhos para a minha pesquisa. Pode usar o texto à vontade, desde que aponte para a sua origem, pois é um texto líquido, sujeito às alterações, a partir da interação. Estive lendo o novo livro do Castells sobre as manifestações. “Redes de indignação e esperança […]

Read Full Post »

Talvez possamos dizer que somos naturalmente tecnológicos, ou tecnológicos naturalmente. Toda a base da Antropologia Tecno-cognitiva defendida nesse blog parte de uma revisão filosófica de ser humano. A filosofia tem esse papel de definir nossas potências, impotências e onipotências, ao responder uma das perguntas centrais da nossa existência: quem somos? (Ver mais sobre as questões […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 27/08/13 Quem tem acompanhado o blog e minhas reflexões sabe que eu baseei minhas teorias sobre as mídias sociais, a partir da Escola de Toronto.  Um bom texto para discutir esse assunto é esse aqui: “Pensamento comunicacional canadense: as contribuições de Innis e McLuhan – de Luiz C. Martino“. Martino apresenta um pouco a contribuição da […]

Read Full Post »

É o cérebro, mané!

Versão 1.1 – 21/08/13 O cérebro não é ideológico e isso mata muita gente do coração! (Continuação do post de ontem.) Podemos dizer que a história ocidental dos últimos 2 mil anos foi marcada pelos seguintes ciclos de descobertas: Da fé/emoção – de Cristo até o século XVI quando Decartes declarou que era preciso colocar […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 20/08/13 Ao longo dos protestos de junho de 2013, a mídia brasileira recorreu fortemente a dois pensadores internacionais: Lévy e Castells. Hoje (20/08), o Valor publica uma página inteira sobre o novo livro de Castells: “Redes de Indignação e Esperança – movimentos sociais na era da internet”. Qual é a diferença entre […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 17/08/12 (Depois de um papo com Ricardo Ribas) A epistemologia estuda a origem, a estrutura, os métodos e a validade do conhecimento, motivo pelo qual também é conhecida como teoria do conhecimento (tirei daqui.) Existem várias polaridades nessa discussão e vou destacar algumas. Dos fatos/experiências para as ideias ou das ideias para […]

Read Full Post »

Versão 1.0 – 15/08/13 Faz tempo que ando desgarrado da academia tradicional. O fazer acadêmico criou um modelo interessante, porém muito próprio de um modelo incremental, o que Kuhn batizou de ciência normal. Ou seja, note que uma tese ou uma dissertação precisa criar sempre um roteiro que a embase, através de citações e a […]

Read Full Post »

 A antropologia cognitiva visa, assim, analisar a chegada da Internet sob esse olhar e pretende comparar com mudanças no passado, tal como a chegada da escrita (manuscrita, alfabética e impressa), dos meios eletrônicos e das diferentes fases da Internet para ajudar a analisar o momento e naquilo que pode ser feito. Como a ciência muda? […]

Read Full Post »

O DNA das coisas

Só é ciência por fora, o que é lógica por dentro – Francisco de Castro – da minha coleção. Temos informação demais e lógica de menos. Na verdade, precisamos conhecer para sobreviver. E estamos, com certeza, consumindo mais coisas no mercado informacional do que o necessário. E um dos motivos aparente me parecer ser a nossa […]

Read Full Post »

Tática (<grego taktiké ou téchne = arte de manobrar [tropas]) é qualquer elemento componente de uma estratégia, com a finalidade de se atingir a meta desejada num empreendimento qualquer.   Estratégia ( <grego stratègós de stratos, “exército”, e “ago”, “liderança” ou “comando” tendo significado inicialmente “a arte do general”. A estratégia começa com uma visão de futuro para a empresa e implica na definição clara de seu […]

Read Full Post »

WhatsApp chat