Feed on
Posts
Comments

 As empresas que de destacam são aquelas que têm as melhores teorias;

Existem quatro momentos na vida de uma organização fazer mudanças para o alinhamento futuro.

  • As teorias que guiam os estrategistas;
  • O cenário que formam a partir das teorias;
  • O projetos estratégicos que criam para realizar o alinhamento entre o momento presente e o futuro;
  • E o detalhamento dos projetos estratégicos: mudanças do perfil das pessoas, os melhores métodos e melhores tecnologias, que darão suporte a esses projetos estratégicos de alinhamento.

Como vemos na figura abaixo:

images

Vamos analisar cada um deles.

Teorias:

Muitos acham que não existe nada mais “perda de tempo” do que teorias.

Este é um preconceito extremamente pouco lucrativo.

Muito mais equivocado em épocas de instabilidade e ruptura, com várias forças novas, latentes e emergentes surgindo que precisam ser bem analisadas pelo radar teórico da organização.

Teorias são, antes de tudo, ferramentas importantes para construir cenários.

Teorias procuram estabelecer a relação entre diferentes forças, o peso de cada uma e o possível desdobramento que terão no curto, médio e longo prazo.

Sem uma teoria eficaz, teremos dificuldade de enxergar o cenário adequado, pois algumas forças serão sub ou super avaliadas, distorcendo o cálculo do futuro, o que terá um forte impacto em toda organização.

Assim, o principal erro é não conseguir adequar as teorias às novas forças que surgem, o que vai nos levar a distorcer o cenário, com implicações sérias, pois vai se gastar sem conseguir resultados.

Cenário:

O resultado das teorias é o cenário, que vai tentar procurar adivinhar as macro-tendências futuras e realizar os projetos estratégicos, que custarão dinheiro.

Se houver um erro teórico, o cenário será bem distorcido, o que levará a organização a um desvio bastante grande de rota, com uma perda significativa de valor, pois todos os projetos estratégicos tendem a não realizar o alinhamento necessário.

cegueira

Projetos estratégicos:

Os projetos estratégicos são filhos de boas teorias que condicionam o cenário.

Eles são feitos para levar à organização do ponto  “A” para o ponto “B”, isso será feito, através do detalhamento do projeto, como veremos abaixo.

 Detalhamento dos projetos estratégicos:

  • Aqui serão definidos o perfil das pessoas para atuar nesse novo cenário;
  • Os melhores métodos de atuação;
  • E melhores tecnologias, que darão suporte a esses projetos estratégicos de alinhamento.

O problema principal que estamos vivendo é que estamos diante de uma grave crise teórica, pois não conseguimos ainda compreender os impactos e condicionamentos da chegada da Internet para a sociedade e os negócios.

Ela é uma tecnologia cognitiva reintermediadora que traz mudanças profundas.

Desta forma, somos prejudicados no cenário que fazemos, nos projetos estratégicos e no detalhamento de todos os gastos e esforços que estamos fazendo para proceder esse alinhamento.

Se não houver uma revisão teórica, cada vez mais a organização estará se distanciando da realidade e, quando isso acontece, perde competitividade e valor, abrindo espaço para quem consegue ver melhor.

As crises organizacionais atuais podem ser explicadas por essa crise, antes de tudo, teórica.

O que precisa ser feito para corrigir?

  • Revisão teórica;
  • Reajuste de cenário;
  • Revisão de projetos estratégicos;
  • Redefinição de detalhamento.

O problema é que as organizações vivem um momento pouco racional e muito emocional, o que as fazem estar pouco científicas, pouco teóricas e pouco prospectivas, reduzindo o espaço para fazer a revisão teórica necessária.

O que dizes?

Leave a Reply

WhatsApp chat