Feed on
Posts
Comments

Category Archive for '1234- livros 2018'

Nossa maneira de pensar vive de tempos em tempos, choques Macro-Paradigmáticos. São mudanças profundas na forma de pensar o ser humano, que iniciam novos ciclos de pensamento e acabam por influenciar todos os paradigmas ou sub-paradigmas. Vivemos hoje um momento desse tipo. A sociedade está se modificando rapidamente e de forma incompreensível para nossa forma […]

Read Full Post »

O que é Macro-anomalia?

Anomalia é algo irregular, que foge daquilo que estamos acostumados. Thomas Kuhn definiu anomalia como a dificuldade que os cientistas têm de lidar com determinado problema, que, por alguns motivos, não consegue mais ser compreendido e bem resolvido. As anomalias são sinais que a vida envia para os pensadores de que é preciso alterar algo […]

Read Full Post »

O que é o Descentralismo?

Descentralismo é proposta de debate Metafísico sobre quem é o ser humano. Na sala nobre da Metafísica, aonde se debate “Quem somos?” sugiro incluir que somos espécie que tem a tendência à descentralização do poder de decisão ao longo do tempo. Descentralização é a necessidade humana de transferir para cada indivíduo, mais poder de decisão […]

Read Full Post »

A ideia de que vemos as coisas é falsa. Estamos imersos em Tecnocultura. E isso nos faz ver aquilo que fomos educados para ver. Por mais, que tenhamos um pensamento “original” será sempre “pós-original”, pois é filtrado por tudo que recebemos. A ideia de que nunca vemos, mas revemos, nos dá a dimensão exata de […]

Read Full Post »

O que é Macro-Metafísica?

No prédio do conhecimento humano  vimos que existe na cobertura: a filosofia das filosofias. Ou as Filosofias. É o topo do que podemos chamar de prédio do conhecimento humano e, dependendo das respostas dadas ali, há  modificações em cadeia para baixo nos outros andares- tanto nas filo-teorias e filo-metodologias. É neste topo que se debatem as questões […]

Read Full Post »

É o jeito que encontrei de chamar a atenção que toda teoria ou metodologia tem embutida nela enxurrada de conceitos filosóficos, o nome com filo na frente não deixa que esqueçamos disso.

Read Full Post »

McLuhan resolveu abrir debate Macro-Metafísico, ao defender que somos Tecnoespécie e Tecno-midiáticos, que temos um Tecno-Cérebro, vivemos numa Tecno-Sociedade e produzimos Tecno-Cultura. Você pode não concordar com nada disso, mas demorei 11 anos para entender aonde é o debate adequado dessas questões: na sala Metafísica, nas questões Macro-Metafísicas, do “Quem somos?”. Não se está discutindo […]

Read Full Post »

O que é um Macro-Paradigma?

Macro-paradigma é conceito importado de Thomas Kuhn. Paradigma seria forma de pensar e agir na sociedade que é válida durante determinado período e se depara com uma anomalia. Problemas começam a não mais ser satisfatoriamente resolvidos ou minimizados e se precisa de nova forma de pensar e agir, novo paradigma. Kuhn utiliza o conceito dentro […]

Read Full Post »

Detalhamos aqui o conceito do “prédio do conhecimento humano”. Os andares mais altos são reservados para as Filosofias, pois são vários andares, com diversas salas. Nestes andares debatemos questões centrais, com alguma ordem: Metafísica: Quem somos? Como mudamos? Por que estamos aqui? Para onde vamos? Ética: Como devemos viver individualmente e coletivamente? Epistemologia? Como podemos […]

Read Full Post »

Vamos aos conceitos: Administrar é fazer gerência de negócios. Gerenciar é coordenar para que as “coisas” funcionem. E as “coisas”, negócios, são as trocas para que a espécie sobreviva. Administrar, assim, é esforço para manter a espécie viva, ao longo da história, através de métodos de coordenação de processos e pessoas. A grande mudança filosófica […]

Read Full Post »

Vimos aqui o que mídias altera a sociedade. O novo milênio traz nova mídia que chamamos genericamente de “Digital”, que significa a chegada de novos canais e nova linguagem. Nestes momentos, a sociedade se abre para nova Era Cognitiva Civilizacional, pois se troca, ao longo do tempo, a placa-mãe, é refeito o sistema operacional e […]

Read Full Post »

Quando falo de Civilização 3.0 tenho referência histórica de três Eras Cognitivas, a partir de três mídias diferentes: gestual (1), oral/escrita (2) e digital (3). Estou utilizando um termo geral chamado mídia (aquilo que está entre nós e nos permite ser sapiens). Somos, na verdade Homo Mídia e, por causa disso, Sapiens. Porém, para falar […]

Read Full Post »

Ayn Rand criou cosmovisão liberal, que chamou Objetivista, com definição em algumas áreas filosóficas: metafísica, epistemologia, ética, política/econômica e artística. Não foi completa e nem poderia ser. Temos um espaço para debater a melhor Filosofia do Aprendizado  que tem como objetivo gerar mais felicidade para cada pessoa. Partimos, assim, da tentativa do que seria a Filosofia […]

Read Full Post »

Aprender é algo fundamental para a espécie, pois, diferente das demais, nossa demanda por aprendizado é de quase 100%. Não nascemos andando, nem falando e nem sabendo como viver sozinhos ou em sociedade. O aprendizado começa em casa e hoje é complementado por organizações educacionais. O ser humano é, assim, formatado pela Tecnocultura (cultura + […]

Read Full Post »

Existem alguns níveis de reengenharia do pensamento humano. Revisões metodológica bem próximas aos problemas; Revisões teóricas acima das metodologias; E revisões filosóficas, acima das teorias; E revisões filosóficas das cosmovisões filosóficas; E ainda revisões filosóficas das macro-cosmovisões filosóficas, que é o topo do topo da revisão possível feita por alguém – não existe esforço intelectual […]

Read Full Post »

Toda cosmovisão que aparece na sociedade tem  objetivo de melhorar a vida das pessoas. Não existe nenhuma cosmovisão religiosa, política ou de qualquer espécie que não prometa a melhoria de um ponto “a” (onde estamos) para um ponto “b” (para onde vamos). Do ponto de vista filosófico, todas as cosmovisões já criadas eram bem intencionadas, […]

Read Full Post »

O que é cosmovisão?

Cosmovisão é uma maneira de pensar e agir disponível na sociedade, criada por alguém ou um grupo de pessoas. Existem vários tipos de cosmovisões, desde religiosas à políticas, com variações nos comportamentos. Cosmovisões, em geral, disputam sua maneira de pensar e agir na sociedade.

Read Full Post »

Ninguém vive sem piloto automático. É ferramenta relevante para economizar esforço. Temos níveis, entretanto, de pilotagem automática. Quanto mais fundo formos mergulhando nela, mais vamos chegar ao que chamamos de identidade. Identidade, então, seria o nível mais profundo do nosso ser, algo inacessível que vamos levar ao caixão. Mas como podemos distinguir e ficar tranquilos […]

Read Full Post »

Se tem algo que não gosto é de conceitos mal empregados. Vejamos o tal do Vuca (volátil, incerto, complexo e ambíguo). O mundo atual é volátil? Volátil seria inconstante, instável. Isso não é, a meu ver, característica do novo mundo, mas da passagem entre uma era para outra, que nos tira do chão. Toda a […]

Read Full Post »

 Discuti aqui o absurdo de basear a escolha de pessoas para gerenciar a sociedade “bem intencionadas”. A boa intenção é apenas hipótese, que vai gerar determinada metodologia. Toda metodologia tem que ser testada sobre determinado cenário/problema e se avaliará resultados para se rever a intenção e saber se foi eficaz ou não. Não existe, assim, […]

Read Full Post »

Muita gente fala que “fulano tem boas intenções“. E, por causa disso, tudo que ele fizer será para o bem de todos. E ainda que a sociedade precisa de pessoas “bem intencionadas” que todos os problemas estarão resolvidos. Isso é forma infantil, mitológica e religiosa de pensar a sociedade, pois elimina-se séculos de debate filosófico. […]

Read Full Post »

A economia é o resultado da forma como o ser humano promove trocas e lida com a escassez de recursos. A forma como o ser humano promove trocas é resultado de determinada cosmovisão. Cosmovisões são maneiras de pensar e agir criadas por filósofos ou religiosos, que influenciam a sociedade no médio, mas principalmente no longo […]

Read Full Post »

Existe uma diferença entre ideologia e cultura. A meu ver ideologia é proposta de cultura. E cultura é ideologia que deu certo. O marxismo, por exemplo, como o nazismo, o fascismo, são ideologias que procuraram vivar cultura, mas não conseguiram, pois não conseguiram comprovar premissas no tempo. Uma ideologia para virar cultura precisa da adesão […]

Read Full Post »

A ideia de que grandes esquipes podem criar ideias disruptivas não é verdadeira. De fato, as inovações incremental e radical se beneficiam muito de equipes interagindo, pois existe algo real que elas podem observar, analisar e aprimorar. Têm de onde partir. Ideias disruptivas, entretanto, partem do abstrsto. Disrupção para quem não sabe é basicamente conseguir […]

Read Full Post »

Disse aqui que Cosmovisões têm determinada origem, um big bang. Um dos questionamentos do Objetivismo é o questionamento dos pilares da Cosmovisão Cristã e as consequências que tiveram para as pessoas e sociedade. É espécie de revisão geral da cosmovisão para dar início a outra, a partir dos resultados obtidos. Ayn Rand, a meu ver, […]

Read Full Post »

Cosmovisões são formas de pensar e agir numa sociedade. O cristianismo é uma, o marxismo é outra, o liberalismo é outra, o nazismo mais uma. Cosmovisões têm uma origem, um núcleo fundamental, geralmente uma pessoa ou um grupo que cria as bases filosóficas, que vão se desdobrar no tempo em teorias, metodologias. Podemos dizer, assim, […]

Read Full Post »

Metodologias são regras para lidar com determinado problema, a partir de teorias (forças) e filosofia (valores). Filosofias definem motivações e preocupações. E metodologias são ferramentas de ações. Metodologias visam obter resultados, a partir de valores diante de forças da vida. Metodologias não são valores em si, pois são ferramentas para atuar sobre problemas. Metodologias podem […]

Read Full Post »

Quer um ambiente social mais descentralizado? Você tem que aderir necessariamente a forma de pensar e agir do Individualismo: cada pessoa com a maior responsabilidade possível sobre a própria sobrevivência. Um pensamento filosófico individualista não nos levaria nunca a um regime como o nazismo e ao holocausto. Um individualista é alheio a apelos de classe, de […]

Read Full Post »

Do ponto de vista filosófico, não. Valores filosóficos fundamentais são testados no tempo. Não são valores que ficam voando sem tocar no chão. Quando se fala do relativismo filosófico, esquece-se que a filosofia é guia para a ação concreta na vida. É testada. Mais dia ou menos dia, o pensamento do filósofo vai virar metodologia […]

Read Full Post »

A filosofia é o amor a sabedoria. Sabedoria é respeitar as regras da vida, sabendo quando e onde é possível negociar com elas. Filósofo é, portanto, aquele que sabe lidar com a vida do jeito que ela se apresenta a cada contexto. Filósofo aprende com a vida e revela sua lógica e regras mais fundamentais. […]

Read Full Post »

O Sapiens não lida com problemas diretamente. Sempre há alguma metodologia, por mais rústica que seja, para fazer a intermediação entre problema e solução. Metodologias, é bom lembrar, não caem do céu. São desenvolvidas por alguém, num determinado contexto, no qual os problemas tem algumas características específicas, que podem mudar. Problemas se alteram em diferentes […]

Read Full Post »

Podemos dividir a macro-história humana em apenas duas Eras, antes e depois do digital. Sim, é uma opção válida e vou explicar os motivos. Na fase AD – Antes do Digital, tivemos várias etapas do Cognitivismo, da passagem dos gestos para a oralidade e desta para a escrita, com o ápice dos meios eletrônicos. De […]

Read Full Post »

O Tecnicismo Demográfico demonstra que o ser humano vive ciclos bem marcados pela chegada de novas mídias para lidar com aumentos demográficos. Dito isso, podemos dizer que temos Eras Civilizacionais, divididas em três etapas: início – quando surge a nova mídia; meio – quando provoca mudanças na sociedade; fim – quando permite aumentos demográficos e […]

Read Full Post »

No apartamento filosófico,  a ante-sala é a metafísica, na qual se discute “quem somos?”. E há novidades necessárias nesse espaço. Existem fatores humanos – muito importantes – que não estavam presentes, são eles: nosso lado tecno; a importância das mídias para nós; e nossa característica de espécie que vive na história a Complexidade Demográfica Progressiva. […]

Read Full Post »

O apartamento filosófico

A filosofia é um espaço de debates, como um apartamento, que tem uma ante-sala em alguns quartos. Em cada um destes ambientes está se debatendo um tipo de pergunta fundamental para o ser humano. Na ante-sala temos a questão meta-física: Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos? A partir das respostas dadas, podemos entrar […]

Read Full Post »

O mercado adora conceitos genéricos e emocionais. No fundo, novos modismos são muito mais motivacionais do que práticos. Modismos foram ótimos no passado, mas agora são grande risco em mercado disruptivo. Temos visto novos líderes aparecerem do fundo de garagens, sem pedir licença a ninguém – rindo muito de quem acredita no modismo da vez. […]

Read Full Post »

A palavra de ordem do novo milênio é reintermediação. Vivemos passagem da Era Analógica para Digital e a demanda principal da espécie é de criar organizações mais eficazes para mundo mais povoado. Atuais organizações foram criadas para Complexidade Demográfica bem menor – baseada nas mídias disponíveis. As mídias disponíveis definiram a Gestão, atual modelo de […]

Read Full Post »

Existe hoje certa dificuldade dos liberais em explicar a crise que vivemos nas sociedades mais abertas. Se as sociedades com valores liberais, são tão melhores, por que entraram em crise neste início de milênio? Falta para essa resposta três conceitos filosóficos relevantes: o Demografismo, o Tecnicismo e o Cognitivismo, que conseguem inverter a lógica comum […]

Read Full Post »

Vou repetir a introdução que fiz no post “O Demografismo Filosófico“: O STF da filosofia é a metafísica: que discute quem somos e para onde vamos? As outras questões que vem depois precisam se posicionar sobre o que decide no STF para seguir em frente. Hoje, temos grave crise filosófica na sociedade, pois dentro do […]

Read Full Post »

Vou repetir a introdução que fiz no post “O Demografismo Filosófico” e no O “Cognitivismo Filosófico“: O STF da filosofia é a metafísica: que discute quem somos e para onde vamos? As outras questões que vem depois precisam se posicionar sobre o que decide no STF para seguir em frente. Hoje, temos grave crise filosófica […]

Read Full Post »

O STF da filosofia é a metafísica: que discute quem somos e para onde vamos? As outras questões que vem depois precisam se posicionar sobre o que decide no STF para seguir em frente. Hoje, temos grave crise filosófica na sociedade, pois dentro do “STF filosófico” existe conceito estruturante que precisa ser incluído: o demografismo. […]

Read Full Post »

Fiz esta pesquisa com meus leitores. E obtive o seguinte resultado: A maior parte (67%) considera que a Uberização pode ajudar na sua organização e a minoria é descrente nessa direção.(33%). Vamos às justificativas. Quem disse que “A Uberização pode ser útil na organização” argumentou mais ou menos o seguinte: Para ajudar na regulação de contratos; […]

Read Full Post »

Fiz esta pesquisa com meus leitores. E obtive o seguinte resultado: A maior parte (67%) considera que a Uberização será periférica, apesar de muita gente já considerar que não (33%), que será hegemônica. Vamos às justificativas. Quem disse que “a Uberização não serão hegemônica” argumentou mais ou menos o seguinte: Serão restritos pela resistência do […]

Read Full Post »

Vimos que a racionalidade é conhecer a origem das nossas emoções, através do estudo da filosofia. Porém, há uma dicotomia importante a separar objetivismo de subjetivismo. A base do subjetivismo é a de acreditar que não a vida não tem uma lógica própria, diferente do objetivista. O objetivista é, assim, alguém que se rende aos […]

Read Full Post »

Racionalidade é processo contínuo de aprendizado sobre as emoções. Esforço individual de compreender a origem das mesmas. Emoções não são puras. Não nascemos com elas de berço. São formatadas pelas correntes filosóficas de plantão. Correntes filosóficas são espécie de sistema operacional que determinam como irão rodar nossos aplicativos emocionais. Quem reflete sobre correntes filosóficas passa […]

Read Full Post »

As bases do Objetivismo 3.0

A filosofia é a rodoviária de onde partem todos os pensamentos. Podemos dizer que na rodoviária filosófica existem apenas duas grandes plataformas: a que recebe “ônibus” coletivas e individualistas. Os coletivistas consideram que o Sapiens, como espécie, tem missão na vida; Os individualistas, ao contrário, consideram que o Sapiens não tem missão coletiva e cada […]

Read Full Post »

O que é Objetivismo?

Objetivismo é corrente filosófica proposta por Ayn Rand, que organiza o debate de ideias para quem quer viver e defender a vida em sociedades de livre pensamento e mercado. O objetivismo, como qualquer corrente filosófica, se contrapõe a outras. Objetivismo x subjetivismo; Individualismo x coletivismo; Benevolência x altruísmo; Reflexismo x emocionalismo. O objetivismo, entretanto, tem […]

Read Full Post »

O que é Macro-contexto midiático?

O ser humano sempre vai aumentar o tamanho populacional, se puder. É movimento sempre na mesma direção: por mais complexidade. As mídias, entretanto, não. Têm duas possibilidades: centralização/ verticalização ou descentralização/horizontalização.

Read Full Post »

Podemos dizer que no mercado de mentalidades existem dois tipos de atuação. Profissionais que atuam em mudanças de mentalidade incremental; Profissionais que atuam em mudanças de mentalidade disruptivas. Mercados incrementais de mentalidade têm mais facilidade de vender pacote completo (sensibilização, capacitação e consultoria). O cliente tem um problema menos complexo e consegue enxergar a mudança […]

Read Full Post »

Existe um ramo de negócios que vou chamar de serviços de mentalidade. O que é isso? É alguém que trabalha para alterar a mentalidade das pessoas para que elas operem de forma diferente. Não é um profissional que realiza alterações tangíveis, mas intangíveis nas mentes das pessoas. Um professor é um profissional de mentalidade, assim […]

Read Full Post »

Mudanças são necessárias quando nossos hábitos vão na direção contrária à lógica da vida. Note que a complexidade de determinada mudança NÃO está na vida, mas na dificuldade que temos de abandonar antigos hábitos. Um enfarte de quem tem vida desregrada é bom exemplo de mudança complexa. A pessoa tem que mudar de hábitos, sem […]

Read Full Post »

O mercado é muito mais irracional do que supõe nossa vã filosofia. O mercado adora uma dupla de palavras para fingir que está na moda: sai gestão de conhecimento e entra transformação digital. Tudo será agora transformação digital, desde colocar capa nova no celular, até abrir o cadeado da bicicleta com uma aplicativo. Temos organizações especializadas […]

Read Full Post »

Podemos dizer que há muita fumaça, mas é preciso se concentrar no fogo: nova forma de administrar problemas com novo aparato tecnológico. A saber: Surgimento de inteligência não humana (a artificial), que passa também a decidir; E nova Linguagem dos Cliques, que permite  participação de muito mais gente na tomada de decisões. A Inteligência Artificial […]

Read Full Post »

Transformação digital é conceito que vende bem, mas agrega pouco à competitividade. Repare que o Uber é novo modelo administrativo e não novo uso tecnológico dentro do mesmo dentro do modelo . Usa novas tecnologias para criar novo modelo. O mesmo podemos dizer do Airbnb, Mercado Livre,  YouTube, Bitcoin, etc. O que estamos vivendo é […]

Read Full Post »

O método indutivo de pensar problemas é o mais utilizado no cotidiano das empresas. Indução é forma de abordar problemas conhecidos, na qual as forças estão dominadas. Trabalha-se nos mesmos paradigmas filosóficos, teóricos e metodológicos. A Indução se utiliza mais dos sentidos e de determinada área do cérebro – é mais adequada para projetos incrementais. […]

Read Full Post »

É bom se preparar, pois a ideia de trabalhar em grandes organizações tende a se reduzir. Mais e mais vamos trabalhar de forma autônoma, de casa e precisaremos ser a nossa própria empresa. Ao pensar nossas vidas como micro-empresas começamos a ter problema sério: não fomos preparados para isso! Não desenvolvemos algo como “personal planejamento […]

Read Full Post »

Viveremos forte movimento libertário neste novo século. Libertarianismo é macro-corrente de pensamento filosófico que acredita que o ser humano não tem propósito coletivo. Libertário é aquele que acredita que cada pessoa cria o seu próprio propósito; Libertário é aquele que NÃO acredita que há um propósito coletivo da espécie. Vivemos um pêndulo: Quando temos aumento […]

Read Full Post »

“Não temos um problema de excesso de informação, mas de filtro” – Clay Shirky. O Sapiens passa neste novo milênio da escassez para  abundância da informação. Isso gera evidente crise de filtros, tanto dos que consomem, dos que produzem e daqueles que gerenciam plataformas onde todos se encontram. É fato: no passado obsoleto das mídias […]

Read Full Post »

Hoje, se pergunta o que deu errado com o liberalismo clássico. Já que o século passado foi centralizador. E o atual traz a tentativa de retornos totalitários. Minha resposta: a demografia, mané! Mais gente, muito mais gente, significa um despreparo para os valores liberais. Se tem a ilusão que o modelo liberal, duramente conquistado, é […]

Read Full Post »

A base para as trocas humanas é feita pela confiança entre as partes. Para confiar em alguém, preciso ter certeza que a pessoa não vai me trair, ameaçar ou enganar. Todas as trocas são feitas, assim, baseadas em determinada taxa de confiança. Se resolvemos ir mais fundo no assunto, perceberemos que a capacidade que tenho […]

Read Full Post »

As bases do liberalismo 3.0

Liberalismo é a tentativa de procurar a melhor sociedade possível, sem esquecer que a complexidade demográfica humana come três vezes ao dia, todos os dias. Liberalismo é cultura reformista, pois acredita que o passado humano tem algo a nos ensinar do que pode e do que não pode ser feito. O liberalismo é cultura, que […]

Read Full Post »

A vida acha nossas teorias muito engraçadas. Ainda mais aquelas que se dizem absolutas. A vida tem lógica própria que vai se revelando no tempo, conforme vamos acumulando saberes ou alterando determinadas conjunturas. O que vivemos hoje no início deste novo milênio é o fim de um ciclo demográfico-cognitivo, só possível de ser compreendido na […]

Read Full Post »

Teorizar é estudar as forças da vida, que precisam ser interpretadas. A lógica do ser humano é diferente da lógica da vida: há sempre aproximações provisórias e nunca certezas finais. Teorias deveriam ser desenvolvidas de maneira independente para fugir das intoxicações do mercado. Teorias são a ponte entre o que a vida quer nos dizer […]

Read Full Post »

Estamos completamente viciados em pensamentos incrementais. A incrementalidade usa determinadas partes do cérebro mais ligadas aos sentidos. Melhoramos uma cadeira, pois vemos a cadeira. Sentamos na nova e constatamos como nosso corpo fica mais confortável. E é isso que podemos dizer que é a característica principal de uma Cabeça Incremental: é preciso sentir, para perceber. Nossa Cabeça […]

Read Full Post »

Ideias humanas são sempre tentativas de se alinhar à lógica da vida com mais ou menos eficácia. Não é a toa que “amor à sabedoria” continua a ser a melhor definição de filosofia. Podemos entender, assim, sabedoria como tentativa sempre precária de se aproximar da lógica da vida. Filosofia, assim, pode ser também definida como […]

Read Full Post »

Marketing é verbo: fazer mercado, marquetear, colocar produtos, serviços e pessoas no mundo das trocas. Podemos dizer, assim, que marketing é sinônimo de troca. Marketing é atividade típica do aumento da complexidade, em que produtos, serviços, pessoas e ideias disputam espaço num mercado cada vez mais competitivo. Quanto maior for a complexidade do mundo do […]

Read Full Post »

Exponencial é algo que permite ou provoca expansão rápida, se comparado a estágio anterior. Do latim: ponere – colocar mais, de forma rápida, em algum lugar. O Aprendizado Exponencial, assim, se propõe a aumentar, de forma rápida, a capacidade de aprendizagem da sociedade, através de nova filosofia e tecnologias. Note que PROPOSITALMENTE não escolhemos o […]

Read Full Post »

Ciência não é arte!

Certa vez, um professor amigo me disse que a pós-modernidade admitia diversos pontos de vista sobre um mesmo problema. Sim, é possível, enquanto temos apenas hipóteses, e é justamente para isso que temos as experimentações. “Cada um tem a sua verdade” até que os fatos nos ajudem a ver melhor. Determinadas “verdades” serão descartadas por […]

Read Full Post »

Inovar é trazer algo novo para algum processo. Porém, nem toda novidade é bem-vinda, pois se inova para competir e não para se dizer que está inovando. Há novidades que não são bem-vindas, pois podem mais atrapalhar do que ajudar determinado processo, produto ou serviço. Assim, é preciso alinhar a inovação com competição. Organizações têm que […]

Read Full Post »

Inovação hoje virou espécie de Novalgina: serve para qualquer dor e para dor nenhuma. Todo mundo fala em inovar, pois é algo muito chique e dá a sensação que todo mundo vai chegar no paraíso. A inovação não tem nenhum tipo de possibilidade de aferir resultados, a não ser que esteja atrelada a projeto de […]

Read Full Post »

Older Posts »