Os escolhidos até aqui, vou incluir dados até o final do ano.

Alguém tem alguma sugestão?

Artigos:

Século XXI pode trazer o fim da administração moderna - artigo confirma hipótese de que Internet (e outros fatores) podem mudar modelo de gestão das empresas, criando um novo, que chamamos por aqui de Empresa 2.0;

Humans: Why They Triumphed, Matt Ridley, WSJuma visão histórica, mostrando a importância da Inteligência Coletiva, que não nasceu com a Internet;

Como a Nokia passou de lição de sucesso a caso de decepção – demonstra importância das estratégias em redes sociais;

Movimento do Software Livre: por uma relação livre com a tecnologia - foi aqui que ouvi pela primeira vez o termo “Filosofia da Tecnologia”;

O consumidor como parte da estratégia de negóciosimportante, pois defende a ideia que “redes sociais” são canais de conversa e não de enrolação;

Once Upon A Time In America … Blockbuster Files For Bankruptcy- mais uma empresa perde radicalmente o valor por não ter compreendido a Internet devidamente;

O sucesso vem do time - matéria de Clemente Nóbrega sobre produção coletiva;

Produção de alimentos precisa aumentar 70% até 2050, diz ONU - matéria reforça o modelo de que a pressão da demanda força a inovação e, no nosso entender, a inovação necessita de ambientes informacionais mais dinâmicos;

O ‘Professor Pardal’ do capitalismo - de forma didática e com dados, Meira aprofunda a questão da Empresa 2.0;

Twilight of the elites: Tapscott – Tapscott defende a nova civilização em livro que vai ser lançado;

O poder do cérebro coletivo – reforçaideia que existe relação entre produção x ambientes de troca de ideias;

Uma revolução intelectual - Reflexões sobre o futuro do Brasil, a procura de um novo paradigma para procurar soluções para nosso país;

Estudo: Mídias sociais nas empresas no Brasil – boa apresentação do relatório de como empresas usam as mídias sociais da Deloitte;

Do oral ao Digital - professor da Dinamarca defende que Internet é resgate do mundo oral, entre um parágrafo da prensa;

WikiLeaks: the revolution has begun – and it will be digitised – artigo reúne o conceito de revolução e mudança que governos terão que fazer. Comentei sobre ele em áudio.

Colunistas:

(nem todos são do mundo 2.0, mas considero-os indispensáveis)

Carlos Alberto Almeida - toda sexta, na Revista do Valor, última página, visão bem aberta sobre política, eleições, cabeça do eleitor;

Clemente Nóbrega – na Época Negócios, tema Inovação, com visão bem ampla;

Marcelo Gleiser – colunista sobre Ciência na Folha, de Domingo, escreve bastante sobre filosofia da ciência;

Suzana Singer

Suzana Singer – ponderada a Ombudsman da Folha consegue fazer contra-ponto sobre jornalismo;

José Miguel Wisnik – escreve no segundo caderno do Globo, filosofia, cultura;

Francisco Boscoescreve no segundo caderno do Globo, cultura;

José Castelloescreve no Prosa e Verso do Globo, poesia, literatura e filosofia;

José Simão – diário Folha, quando preciso rir, vou lá e leio;

Marcelo Adnet – do Youtube para a MTV e depois como colunista do Globo, mundo 2.0 é isso, talentos que surgem mais rápido;


Livros:

(Novos que li este ano)

Criação Imperfeita - Marcelo Gleiser;

Os Avanços Tecnológicos e o Futuro da Humanidade – Rose Maria Muraro;

(Antigos que só li este ano)

Convite à Filosofia – Marilena Chauí;

Serviços 2.0:

Estante Virtualcomunidade on-line de sebos, ampliando o negócio de todos e levando ao usuário livros mais baratos;

Peixe Urbano - aproximando comunidades de usuários e fornecedores, reduzindo preços e fidelizando;

Clube dos autores – ao estilo Lulu.com, o país ganha um lugar para produzir livros por demanda;

Troca de livros - mais uma comunidade interessante. Esta aproxima leitor do leitor, através de cooperação para se gastar menos;]

Gato Sabidotentativa de iniciar comercialização de e-books no país;

Wikileaks – site que demonstra que os governos têm que mudar radicalmente, pois o segredo já não é mais como antigamente.

Vídeos:

CQC – Tevê de Barueri - quando a tecnologia de ponta do século XXI, esbarra na corrupção de ponta grossa, mostrando que as “sombras” em uma sociedade com GPS, celular, youtube diminui;

Stand By Me | Playing For Change | Song Around the Worlddemonstração de como a rede pode romper fronteiras e criar projetos coletivos, no caso, através da música. Quando me sinto meio mal, vejo este vídeo;

Escada de metrô é transformada em piano – o humano, antes de tudo, gosta do lúdico, imagina na escola!

Projetos 2.0:

Baiacantor talentoso (seguidor de Raul Seixas)  coloca todo seu repertório on-line a aposta em shows. Show!

VideoMak - do Kaká Machine, a ideia de fazer um programa de entrevista e colocar na rede, me parece tudo o que precisamos de alternativo, qualidade ótima do teaser e da edição;

Café filosófico – um espaço de debate, com tempo, em português, de aprofundamento. Muito bom;

Vote na Web – aponta hoje como será a participação democrática no futuro;